Seedorf resgata alegria de Robinho e pede Kaká na Seleção

Realmente o Kaká está cada vez melhor n o Milan. Com a chegada de Seedorf, seu parceiro e amigo holandês como técnico, com certeza ele ficará ainda mais confiante. Capitão, está aos poucos recuperando a boa forma e dando assistencias , marcando gols. Kaka tem tudo pra ter um ótimo ano no Milan.

Veja o que Seedorf falou sobre o meia brasileiro:

“Kaká merece tudo. É um trabalhador, profissional e grande jogador. Eu espero ajudá-lo a melhorar ainda mais, lhe proporcionando uma estrutura um pouco melhor. Acho que seria ótimo para ele e para o Brasil que ele fosse convocado à Seleção”

Mas não é só Kaká que ganha com a chegada de Seedorf ao Milan. Robinho, que só jogava quando todos os outros atacantes estava machucados e sempre era substituído, vai aos poucos recuperando a alegria.

Ele teve um bom começo de ano, depois de fechar 2013 com gols importantes e até uma convocação para a seleção de Felipão.

Unknown-1

Robinho também recebeu um carinho especial de Seedorf. Foi aplaudido a cada bom lance pelo novo chefe.

Com o holandês, disputou 77 minutos contra o Hellas Verona, contribuiu para a boa movimentação da bola em campo, chutou duas vezes para gol e, aos 22 minutos do segundo tempo, acertou um chute que parou na trave .

Robinho e Kaká têm 4 meses pra recuperarem seu futebol e estarem 100% pra convocação final de maio.

A ver !

 

por Fraja8

 

SIT1_grande42

Entrevista Coletiva – Tecnico Clarence Seedorf

“Como jogador joguei 432 partidas com a camisa do Milan, esta é a a 433, podemos dizer. Estou feliz por estar aqui, no canal oficial do Milan. Estes três pontos darão moral ao ambiente, aos torcedores e difundirá otimismo. Agradeci aos rapazes pela vontade de querer interpretar o módulo da melhor forma, mas para fazer ainda melhor é preciso tempo, repetição e muito treinamento. Precisamos melhorar o posicionamento mas é bonito ver a intenção, a vontade de recuperar a bola perdida e reconquistá-la, difícil fazê-lo por 90′ minutos porque existia também o adversário.”

“Busquei muito diálogo com os rapazes e continuarei a fazer para entender onde estou com a cabeça e o coração, o aspecto humano é importante. Com este espírito o trabalho no final paga. A ideia do círculo nos vestiários veio também dos jogadores, continuaremos a fazê-lo, é importante trazer novidades. Sacchi e Ancelotti me ligaram, pude sentir que fiz a história do Milan. Forza Milan!”

“São dias muito intensos, mas temos trabalhado e feito aquilo que se podia fazer para trazer uma mudança mental e emocional, com a atitude da alegria, e a coragem do jogo. Em suma, arriscar certas coisas. Foi um discurso marcado sobre uma “mudança” de espírito. Amanhã veremos como serão feitas. “

“Honda está buscando adquirir a sua melhor forma. Não devemos exagerar com as cargas das partidas e veremos amanhã como todos estarão. Devo conhecer todos os jogadores ainda. Tenho as orelhas sempre abertas, mas os jogadores tem sido muito pró-positivos. Naquele momento queria dois “tanques” para fazer um pouco de confusão. Fomos sortudos, ao contrário da bola de Robinho. Petagna ainda pode crescer muito. Nós temos que trabalhar muito, mas a interpretação no primeiro tempo foi boa. O domínio do campo temos que trabalhar. Quero qualidade, para controlar a partida e a bola. Nós queremos a bola para jogá-la sempre em pé de igualdade com qualquer um, mas é preciso de muito tempo para este discurso.”

“Com o presidente Silvio Berlusconi falarei amanhã, pelo momento nos mandou os cumprimentos através do diretor geral Adriano Galliani. Balotelli já o conhecia de antes, nos falamos e houve um bom entendimento. Nestes dias as coisas ainda melhoraram, mas na realidade com todos me relacionei bem. Procurarei ajudar Mario Balotelli no seu crescimento. Muita gente escreveu coisas não verdadeiras sobre mim e sobre ele. Quero fazê-lo crescer, porque tem um potencial enorme para desfrutar e sobre isso estamos todos de acordo. Eu devo avaliar os jogadores à disposição e não será esta a posiçãoonde discutiremos sobre o mercado.”

“Kaká é um amigo. Para mim reencontrá-lo é muito bonito. Com uma posição diferente, tentaremos fazer voltar o Milan como o conhecíamos. Será fundamental no nosso precurso. Fiquei em pé e com Mauro Tassotti analisamos bem a situação. O público nos ajudou a reencontrar o entusiasmo e os 3 pontos foram importantes justamente por isso. Essa semana fechou muito bem, mas a partir de amanhã a cabeça está na quarta-feira e as partidas não pararão mais. Atenção nos detalhes, para construir uma base sólida do futuro. Pelo Verona falam os pontos. Jogaram bem e estão jogando muito bem, não tenho muito a dizer. Têm uns dois jogadores muitos interessantes.”



Sou amante e estudioso de esportes! Nasci em São Paulo, estudei em Los Angeles, NY e fiz pós-graduação em Barcelona, sempre acompanhando de perto as competições esportivas pelo mundo.