Bayern supera pênaltis perdidos, bate o Arsenal e fica perto da vaga na Liga

Atual campeão da Liga dos Campeões da Europa, o Bayern de Munique deu um importante passo rumo às quartas de final da competição ao bater, nesta quarta-feira, o Arsenal por 2 a 0, no Emirates Stadium, em Londres. Os alemães e os ingleses desperdiçaram um pênalti para cada lado durante a partida.

Com o triunfo obtido na capital inglesa, o time dirigido pelo treinador espanhol Pep Guardiola pode até perder por um gol de diferença. Para conseguir a classificação, o Arsenal terá de fazer pelo menos três gols para seguir adiante, sem precisar da prorrogação. A partida de volta será disputada no dia 11 de março, em Munique.

14122013---giroud-e-ozil-respectivamente-lamentam-apos-ver-o-arsenal-sofrer-gol-do-manchester-city-1387031417632_1920x1080

Empurrado pela sua torcida, o Arsenal teve uma boa chance de abrir o placar logo nos primeiros minutos de partida. Aos 8 min, Ozil, que estava impedido, foi lançado pela esquerda, invadiu a área e foi derrubado por Boateng. O árbitro italiano Nicola Rizzoti não assinalou a posição irregular e ainda marcou pênalti para os donos da casa.

Na cobrança, Ozil bateu no meio do gol. O goleiro Manuel Neuer, que já estava caindo para a esquerda, conseguiu se recuperar e fez a defesa para a tristeza dos londrinos.

AFC_FCB_10_IMA_190214.variant525x310

Aos 36 minutos foi a vez do Bayern desperdiçar um pênalti. Após receber uma assistência dentro da área, Robber passou pelo goleiro Szczesny e quando ia empurrar para a rede acabou derrubado. O juiz assinalou a infração e ainda expulsou o camisa 1 do Arsenal. Na cobrança, Alaba mandou para fora. A bola ainda raspou na trave antes de ir pela linha de fundo.

No segundo tempo, o Bayern, que eliminou justamente o Arsenal nas oitavas de final da temporada passada da Liga, acertou o pé e abriu o placar aos 9 minutos. Após passe de Lahm, Kroos mandou no ângulo esquerdo do goleiro Łukasz Fabiański, que havia entrado no lugar do atacante Cazorla.

Dominando a partida, os atuais campeões europeus e do mundo ampliaram a vantagem nos minutos finais. Aos 42, Lahm cruzou para Thomas Muller completar de cabeça para fechar a vitória.

AFC_FCB_13_GET_190214.variant524x295

Bg3jq5xCUAAxI2h

Bg3oSzCCQAENmH2

Bg3xknACAAA4AfO

 



Redação do Torcedores.com