DIS vai processar Santos, Barcelona e pai de Neymar

De uma vez só, o grupo DIS vai processar o Santos, o Barcelona e o pai de Neymar por conta da transação que levou o atacante para o clube espanhol. Quem garante a decisão é o próprio dono da empresa, Delcir Sonda.

À coluna Painel FC da “Folha de S. Paulo” desta segunda-feira, ele disse entender que foi prejudicado na negociação e que vai brigar na Justiça para receber parte dos R$ 201 milhões (61,2 milhões de euros) pagos ao atacante e a seu pai para que o primeiro acertasse com o time azul-grená.

O DIS, então dono de 45% dos direitos de Neymar e pelos quais recebeu R$ 19,7 milhões pela venda do jogador, está consultando quatro escritórios de advocacia para analisar a questão e deve escolher, ainda esta semana, um deles para abrir o processo.

Ainda segundo o jornal, o grupo pensou em entrar com uma ação esportiva contra Santos, Barcelona e Neymar pedindo punição aos mesmos, mas desistiu por conta da carta dada pelo clube paulista ao pai de Neymar o autorizando a negociar seu filho enquanto estivesse no Brasil, ou seja, de forma antecipada, como aconteceu.

 



Redação do Torcedores.com