Promotoria pede que Barça seja réu no caso Neymar contra Rosell

Nesta quarta-feira, a promotoria da Audiência Nacional, principal instância penal espanhola, acusou por escrito o Barcelona por possíveis crimes fiscais contra a Fazenda do país. A ação fez um pedido para que o time catalão seja obrigado a apresentar os dados fiscais do processo da milionária contratação do Neymar. Até então, o caso envolvia apenas o ex-presidente do clube Sandro Rosell, que foi quem articulou a vinda do brasileiro.

“A procuradoria pede o indiciamento do Barça como pessoa jurídica por um delito contra a Fazenda publica cometido nos anos de 2011 e 2013”, destacou uma fonte judicial. Em um documento de 17 de fevereiro, a procuradoria calcula a suposta fraude tributária em 9,1 milhões de euros, segundo a mesma fonte.

Caso seja considerado culpado, o Barcelona teria que pagar de duas a quatro vezes essa quantia não declarada.

FC-Barcelona-s-president-Josep_54400484540_54115221154_600_396

Veja a noticia completa no UOL



Redação do Torcedores.com