Mercado: Santos aceita proposta do Fluminense por Cícero

mercado
Getty Images

O mercado segue agitado. O Santos recebeu uma proposta oficial do Fluminense, interessado em comprar o meio-campo Cícero. Os valores da negociação não foram revelados. O Peixe divulgou nota oficial dizendo que aceitou a oferta pelo jogador, que vai sair.

“O Santos FC recebeu hoje de manhã, quarta-feira, dia 28, uma proposta oficial do Fluminense pelo jogador Cícero. O Comitê de Gestão entendeu que ela atende os interesses do Clube. O presidente do time alvinegro, Odílio Rodrigues conversou, agora há pouco, por telefone, com o diretor executivo do clube carioca, Mário Bittencourt, e com Eduardo Uram, empresário do jogador, para aceitar a oferta. Neste momento, os clubes acertam os últimos detalhes contratuais. Desta forma, o jogador não viaja à Bahia com a equipe do Santos FC para a partida desta quinta-feira, dia 29, em Feira de Santana, contra o Bahia, válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro”, informou o clube na nota.

Cícero pediu para a diretoria do Santos para não jogar contra o Flamengo no último domingo, pois se atingisse sete jogos disputados, não poderia se transferir para nenhum clube durante o Campeonato Brasileiro.

LEIA MAIS:
Mercado: Cícero terá despedida melancólica do Santos. E a culpa é dele

Como já escrevi nesse espaço, Cícero é o principal jogador do Santos desde o ano passado. Recebeu merecido aumento da diretoria do clube, mas queria mais. Jornalistas que cobrem o dia a dia do Santos alegam que ele pediu R$ 500 mil mensais. O Peixe fez uma contra-proposta em que já aumentaria o salário dele, mas não com esse valor. Ao que tudo indica, ele movimentará o mercado com a ida para o Fluminense, um dos únicos clubes que ainda se submetem a pagar um salário desse aos atletas.

Cícero é um bom jogador. Muitas vezes, é subvalorizado, porque decide jogos e poucos o reconhecem. Mas…valer R$ 500 mil? Não vale. E, a meu ver, a diretoria do Santos faz muito bem em não ceder aos caprichos do atleta. Os clubes estão endividados. Não deveria pagar um salário desses a ninguém, muito menos a Cícero, que nem costuma ser chamado para a seleção brasileira.

Crédito da foto: Getty Images



Jornalista de esportes desde 2005, com passagem pelo UOL e Terra. Editor de comunidades do Torcedores.com e blogueiro do renanprates.com