A primeira zebra da Copa aparece, e Uruguai cai diante da Costa Rica

Uruguai
Getty Images

Muito antes da bola rolar todos fazem as suas apostas, e claro, sempre acreditamos que os favoritos darão o espetáculo esperado. Na tarde deste sábado, o Uruguai abriu os jogos do grupo D da Copa, o “grupo da Morte”, contra a Costa Rica, na Arena Castelão. E o que se viu foram os astros uruguaios serem engolidos pelas jogadas envolventes e passes de bola precisos dos costarriquenhos.

Uruguai, bicampeão mundial, tetra campeão da Copa América, bicampeão olímpico e um dos favoritos na Copa, iniciou a competição abraçando a zebra e perdendo de 3 a 1 para a Costa Rica. Logo no início do jogo, Lugano, zagueiro celeste, levou a mão a bola dentro da área, mas o juíz alemão, Felix Brych, ignorou e mandou seguir o jogo. Na sequência, novamente em um lance com Lugano, pênalti marcado, agora a favor dos uruguaios: Edinson Cavani abriu o placar.

Mesmo com 1 a 0, o Uruguai estava mal em campo e não apresentava o futebol esperado do atual campeão da Copa América. A Costa Rica teve maior posse de bola e dominou a partida, conseguindo arrancar a virada nos primeiros 15 minutos do segundo tempo. Os uruguaios estavam perdidos em campo e tiveram poucas chances de chegar ao gol. Em um contra-ataque mortal, Marco Ureña chutou rasteiro e sacramentou a vitória costarriquenha. O Uruguai ainda perdeu Maxi Pereira, expulso por um entrada violenta nos últimos instantes de jogo.

Com essa derrota, o Uruguai pode complicar sua classificação para as oitavas de final, já que os próximos confrontos são contra as também campeãs mundiais Inglaterra e Itália.

FICHA TÉCNICA DO JOGO

Uruguai: Muslera; Maxi Pereira, Lugano, Godín e Cáceres; Gargano (Gonzáles), Arévalo Ríos, Stuani e Cristian Rodríguez (Hernandes); Forlán (Lodeiro) e Cavani
Técnico: Oscar Tabárez

Costa Rica: Navas; Giancarlo González, Umaña e Duarte; Gamboa, Borges, Tejeda (Cubero), Bolaños e Junior Díaz; Bryan Ruíz (Ureña) e Joel Campbell
Técnico: Jorge Luis Pinto

Data: 14/06/2014 – 16h
Local: Castelão (Fortaleza)
Árbitro: Felix Brych (ALE)
Auxiliares: Mark Borsch (ALE) e Stefan Lupp (ALE)
Cartões amarelos: Lugano, Gargano e Cáceres (Uruguai).
Cartão vermelho: Maxi Pereira (Uruguai).
Gols: Cavani, aos 23min do 1º t (Uruguai); Joel Campbell, aos 8min, Duarte aos 12min e Ureña aos 39 do 2º t (Costa Rica)
Público: 58.679



Estudante de jornalismo, belo-horizontina e amante do futebol!