Análise do estádio de Brasília da Copa em cinco tópicos

Depois do Carnaval da Fonte Nova, tive a oportunidade de conhecer o lindo estádio da Copa de Brasília, Mané Garrincha. Lotado de torcedores brasileiros, a partida foi diferente das outras em muitos aspectos.

Primeiro era uma partida eliminatória, segundo, a torcida brasiliense queria mostrar sua força, e por último, a seleção brasileira entrou com mais vontade do que nas outras partidas.

Sorte de quem esteve lá que viu, talvez, o melhor Neymar com a camisa canarinho. Fez dois gols, deu dribles, e curtiu muito, em outras palavras, levantou a torcida desde o começo da partida e chegou a quatro gols, mesmo número de Ronaldo Fenômeno em 1998.

Com pilares enormes e muito cimento, a estrutura da arena é meio antiga. Porém, o interior é moderno. De fora parece aqueles castelos e estruturas de filme. De dentro, um prédio. Circulei por todos os andares e realmente é incrível a visibilidade que se tem do campo todo. Em qualquer lugar você consegue assistir muito bem a partida de futebol.

tumblr_n7ou8hXZvg1rer3o2o3_1280

Organização: Muito organizado e tranquilo, os voluntários estão informados e são muito simpáticos. Enormes filas fluíam como a Disney (especialistas em fila) e isso deixava a torcida tranquila e feliz.

Estrutura: Enormes pilares, ‘prédio’ de cimento muito bem feito. Apesar de antiga por fora, é muito moderna por dentro.

Torcida: Na fila, já distribuíram papéis com as músicas a serem cantadas no estádio. Voluntários ensaiavam com o megafone os coros com a torcida.

Visão: Parece um prédio, ao mesmo tempo, perto e longe. Porém, não existem ‘pontos cegos’ e a visão do campo é perfeita de qualquer assento.

Entrada e saída: Entrada e fila rápida, um pouco de dificuldade para encontrar meu assento. Saída mais rápida ainda, evacuação em sete minutos, com direito a compra na lojinha oficial da Fifa.

tumblr_n7ou8hXZvg1rer3o2o4_1280

Veja a torcida cantando o hino no Mané Garrincha antes da partida contra os Camarões:



Sou amante e estudioso de esportes! Nasci em São Paulo, estudei em Los Angeles, NY e fiz pós-graduação em Barcelona, sempre acompanhando de perto as competições esportivas pelo mundo.