Antes do jogo, chilenos esbanjam confiança; holandeses, nem tanto

Itaquerão
Torcedores.com

Holanda e Chile se enfrentam às 13h desta segunda-feira, no Itaquerão, pelo último jogo da fase de grupos da Copa do Mundo. Já classificados para as oitavas de final com uma rodada de vantagem, os times decidirão apenas quem será o primeiro colocado do Grupo B. Vale lembrar que, quem ficar em segundo, provavelmente vai encarar o Brasil nas oitavas de final. No lado de fora do Itaquerão, os chilenos faziam mais barulho. No discurso, esbanjavam mais confiança em mais um triunfo de Alexis Sánchez, Vargas e companhia.

“Vai ser 2 a 1 para nós. O Chile é um bom candidato ao título”, falou Tomaz Jara, de 27 anos, horas antes de a bola rolar.

No lado holandês, o temor era maior. O motivo? A ausência do atacante Robin Van Persie, capitão e camisa 9 da equipe, que está fora do confronto por suspensão.

“Sem ele, ficamos sem 50% do time. Van Persie e Robben são fundamentais para nós. Será um jogo muito difícil hoje”, falou Jean-Maurice Ehrisovann, de 47 anos. “Mas já estamos classificados. Pensamos lá na frente”, completou o holandês, que está no Brasil somente para acompanhar a Copa do Mundo.

Ao mesmo tempo que holandeses e chilenos jogam em São Paulo, Espanha e Austrália, já eliminados, encerram a participação no Mundial em Curitiba.



Redação do Torcedores.com