Conheça Sammir, o brasileiro que irá jogar a Copa pela Croácia

sammir

Jorge Sammir Cruz Campos mais conhecido como Sammir (na foto, à esquerda), é baiano da cidade de Itabuna. É um meia-atacante de 27 anos que atualmente joga pelo Getafe da Espanha. Sua carreira profissional demorou para decolar. Ele passou por clubes onde sequer teve chances de jogar.

Nas categorias de base, teve passagens pelo Atlético Mineiro e Paranaense. Foi revelado pelo próprio Furacão em 2006 e sem ter oportunidades na equipe profissional, foi emprestado para diversos times, dentre eles Ferroviária e Paulista de Jundiaí.

Ainda no mesmo ano foi para o Venda Nova de Minas Gerais, clube onde alguns jogadores consagrados já passaram no inicio de suas carreiras, atletas como: Afonso Alves, Euller, Palhinha, e até Fred já jogaram pelo modesto clube mineiro.

Mas rapidamente, Sammir foi para o São Caetano, e no ano seguinte teve uma proposta de empréstimo para ir jogar na Croácia, mas precisamente no clube mais popular do país, o Dínamo de Zagreb onde ficou até a temporada 2013/14.

Em seu primeiro ano como jogador do clube croata, fez 11 jogos e marcou apenas uma vez. O Dínamo então resolveu comprar Sammir, foi aí que ele começou a despontar.

Na temporada 2007/08 fez 38 jogos e marcou em cinco oportunidades, ajudando a equipe a ganhar o bi-campeonato do principal torneio do país.

Com a saída de Luka Modric no ano seguinte para o Tottenham, assumiu a camisa 10 e no final, fez um total de 44 jogos e 11 gols. Levando o time a mais um título do campeonato Croata.

Resumindo sua passagem pelo Dínamo, Sammir ficou sete temporadas na equipe, fazendo 173 jogos e marcando 46 gols. E dos 13 títulos que soma no clube, seis foram o de campeão nacional do país.

No começo do ano ele, rescindiu contrato com seu ex-clube, por problemas com um dirigente da equipe. Assim, no fim de janeiro assinou com o Getafe em um acordo de três temporadas.

Com passagem pelas categorias de base da seleção brasileira sub-17 e 18, não conseguiu mostrar futebol para jogar na principal e viu uma oportunidade de jogar uma Copa do Mundo pela Croácia.

Após se naturalizar, em 2012 recebeu sua primeira oportunidade na seleção croata. As partidas foram pelas eliminatórias para copa do mundo, nos jogos contra a Macedônia e País de Gales.

Até hoje ele fez apenas cinco jogos pela sua seleção e não marcou nenhuma vez. No último dia 31 o técnico Niko Kovac revelou os 23 convocados da primeira adversária do Brasil, incluindo Sammir e o outro brasileiro Eduardo da Silva.



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.