Copa: 5 motivos para temer Camarões

Copa
Getty Images

A seleção brasileira encerra sua participação na primeira fase da Copa do Mundo nesta segunda-feira, diante de Camarões. E tem motivos para temer o lanterna do Grupo A.

Se tropeçar diante dos camaroneses, até agora saco de pancadas da chave, a seleção não dependerá apenas de si para conseguir uma vaga nas oitavas de final, e pode protagonizar um vexame ainda maior que o Maracanazo de 1950.

DESTAQUE
Cinco jogos que deram sono na Copa

Veja abaixo cinco boas razões para temer a “força”, até agora escondida, da seleção de Camarões no duelo desta segunda, às 17 horas, no Mané Garrincha, em Brasília.

VENDIDOS?: A seleção de Camarões perdeu para México e Croácia e acendeu o sinal de alerta na Fifa, que investiga se os africanos teriam amolecido o jogo de propósito. Nada melhor do que vencer os pentacampeões para provar que não existiu corpo-mole.

GOL DE HONRA: Depois de passar em branco nos dois primeiros jogos, os camaroneses vão entrar babando para marcar ao menos um gol na seleção brasileira, anfitriã da Copa, e isso pode complicar demais a caminhada rumo a uma das duas vagas do grupo.

VELOCIDADE: Apesar de não estarem bem no Mundial, os atacantes de Camarões preocupam pela velocidade com que tocam a bola. Levaram perigo ao México e podem dar dores de cabeça à defesa brasileira, que normalmente tem problemas de atenção.

ETO’O: Principal atacante de Camarões, Eto’o não enfrentou a Croácia e é dúvida contra o Brasil. Se jogar, vai querer mostrar porque “é melhor que Obina”…

OLINGA: Considerado o sucessor de Eto’o, Olinga tem boas chances de encarar o Brasil Com apenas 18 anos, já declarou que sonha encarar os pentacampeões e, se possível, marcar um gol. Atenção pouca, é bobagem.



Apaixonado por futebol e esportes em geral.