Copa: 5 motivos para temer o México

Copa
Getty Images

A seleção brasileira tem seu segundo desafio na Copa do Mundo de 2014 diante do México nesta terça-feira, em Fortaleza. E precisa tomar cuidado com uma série de fatores para não amargar uma derrota.

Os mexicanos também venceram seu compromisso de estreia e, assim como os brasileiros, querem sair do confronto de terça com a vaga nas oitavas de final encaminhada.

Por conta disso, o Torcedores.com enumerou cinco motivos para deixar os fãs de Neymar e companhia de cabelos em pé no confronto desta terça.

DESTAQUE
Copa promete definir rumo da taça de melhor do mundo em 2014

Veja a lista abaixo e diga se há ou não cinco razões para temer o México no duelo que promete fortes emoções na terça-feira de Copa do Mundo.

PEDRA NO SAPATO: Apesar de jamais ter vencido o Brasil em Copas do Mundo (três derrotas em três encontros), a seleção mexicana é uma verdadeira pedra no sapato do país, e já aprontou várias decepções. A última, em 2012, quando tirou da mão do Brasil a ainda inédita medalha de ouro olímpica no futebol.

LATERAIS FORTES: Se no Brasil o clima é de preocupação com o baixo desempenho de Daniel Alves e Marcelo, no México o entusiasmo toma conta quando o assunto são os laterais da seleção. Aguilar e Layún são pontos fortes do time e podem complicar a vida de Felipão.

TOQUE DE BOLA: Principal característica da equipe de Miguel Herrera, o toque de bola mexicano encantou no jogo contra Camarões, e também pode dificultar a vida da defesa brasileira, principalmente quando a bola sair dos pés do meia Giovanni dos Santos, craque do rival desta terça.

EXPERIÊNCIA: Rafael Marquez e Chicarito Hernandéz são dois dos jogadores mais importantes do México e carregam com eles muita bagagem internacional. Sabem provocar os adversários quando o time está em vantagem e podem levar pesadelos aos brasileiros se saírem na frente do placar.

PERALTA: Como o próprio nome diz, Peralta é quem mais pode aprontar com o Brasil. O atacante foi o algoz da seleção nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, vive fase excepcional e precisará de muita atenção da dupla Thiago Silva e David Luiz.

 



Apaixonado por futebol e esportes em geral.