Copa: jornal espanhol diz que goleiro titular do Brasil está preso

Divulgação/Vipcomm

Julio César, Jéfferson e Victor foram os convocados pelo técnico Luiz Felipe Scolari para brigar pelo posto de titular da seleção brasileira na Copa do Mundo, mas, para o jornal espanhol Mundo Deportivo, o merecedor da posição está bem longe não apenas do time verde-amarelo, mas dos gramados.

A publicação estampa em sua versão eletrônica nesta terça-feira uma matéria completa sobre Bruno Fernandes, ex-goleiro de Atlético Mineiro, Corinthians e Flamengo, preso por ter planejado o suposto assassinato de sua amante, Eliza Samudio, e condenado a passar 22 anos atrás das grades.

Segundo o Mundo Deportivo, Julio César tem sua qualidade questionada no Brasil e no exterior, Jéfferson está um pouco melhor, mas também não inspira confiança, e Victor, do Atlético Mineiro, não passa de uma terceira opção.

DESTAQUE
Bierhoff diz que Alemanha precisa de um camisa 9

O jornal espanhol afirma que Bruno “tinha tudo” para ser o titular da meta brasileira na luta pelo hexacampeonato e estava sendo preparado para isso, mas o “brutal assassinato” de Eliza o mandou para a cadeia.

O Mundo Deportivo ainda usa uma tirada irônica ao escrever que Bruno só voltará a usar a camisa do Flamengo, seu último clube antes da prisão, na lavanderia da prisão onde cumpre pena.



Apaixonado por futebol e esportes em geral.