Copa: Para Zamorano, Ronaldo é muito melhor do que Klose

Segundo maior artilheiro da seleção chilena com 34 gols e um dos grandes atacantes do Real Madrid e da Inter de Milão nos anos 90, Ivan Zamorano entende bem do assunto bola na rede. Por isso, não escapou da “sabatina” de jornalistas de Brasil e Chile antes do confronto de seu país contra a Holanda, segunda-feira (23), no Itaquerão, pelo encerramento do Grupo B da Copa do Mundo.

O assunto? Os 15 gols de do polonês naturalizado alemão Miroslav Klose, mesmo número de Ronaldo Fenômeno, em Copas. E não teve bola perdida para “Bam Bam”.

“Para mim, Ronaldo foi o melhor que vi jogar. Klose tem uma grande oportunidade de passá-lo em número de gols e fazer história. Ambos têm 15 gols, mas não há comparação, Ronaldo é muito melhor”, disse o ex-capitão do Chile na Copa de 1998.

Entre Zamorano e Ronaldo, há uma história curiosa. Quando chegou à Inter de Milão em 1996, recebeu a camisa 9. No ano seguinte, foi a vez do Fenômeno chegar à Itália. No início o brasileiro aceitou a camisa 10. Mas depois recebeu o número que até então era do chileno. Que fez Zamorano? Inovou em adotar uma camisa 18 diferente, com um sinal de adição. Surgia o atacante da camisa 1+8. E a admiração por Ronaldo seria consolidado a cada jogo.



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.