Dana White prevê fim da carreira de Wanderlei Silva; entenda

O presidente do UFC, Dana White, afirmou que Wanderlei Silva poderá pendurar as luvas de MMA na próxima terça-feira (17). Não exatamente com essas palavras. Mas o sentido… Foi exatamente esse.

O brasileiro será julgado pela Comissão Atlética de Nevada, órgão responsável pelos exames antidoping no estado americano cuja cidade mais importante é Las Vegas, principal base de operações do UFC. Ele seria o adversário do norte-americano Chael Sonnen no UFC 175, dia 5 de julho, na cidade dos cassinos.

“Acho que a história não vai acabar bem para Wanderlei. Você sabe como as comissões são… Eles não perdoam quando você é pego por drogas ou substâncias para melhorar a performance. Você é suspenso por quase um ano. Sinceramente não sei o que vai acontecer. Acho que vão torná-lo um exemplo, não há forma ele escapar. Eles vão enterrar Wanderlei Silva”, disse o presidente da organização.

O brasileiro não foi flagrado no exame antidoping porque se recusou a fazer. No mês passado, o curitibano foi alvo de um teste surpresa em sua academia nos EUEle, porém, foi embora e não se submeteu ao antidoping, alegando que o funcionário responsável pelo teste não tinha identificação e estava com documentos em inglês – o próprio Wanderlei admitiu que não confia o suficiente em sua proeficiência no idioma.

“Ele poderia ter dito ‘Espere, deixe-me chamar meu advogado no telefone, deixe-me arrumar algum tradutor’. Amo o Wanderlei, ele sempre foi um grande cara, mas você não foge de um exame antidoping, especialmente em Nevada”, falou Dana White.

Concordo com Dana. Wanderlei deve receber um gancho pesado da Comissão Atlética. Mas não acredito que ele vai se aposentar ou abandonar o MMA. O brasileiro ainda quer enfrentar o compatriota Vitor Belfort. Por isso, Wand deve esperar o tempo que for até poder lutar novamente. Após Belfort, caso a luta aconteça, aí sim o “Cachorro Louco” deve pendurar as luvas.

Foto: Getty Images



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.