Diego Costa afirma: Sou e me sinto brasileiro

Após o treino de ontem da Espanha, o hispano-brasileiro Diego Costa disse em entrevista coletiva nos Estados Unidos, o porquê de ter escolhido à seleção da Espanha.

“Felipão nunca me telefonou. O único técnico com quem falei foi Del Bosque, que se preocupou comigo, me convidou para comer e me fez saber que contava comigo. Estou muito feliz porque aqui me receberam como irmão”, disse o atacante.

Destaques
Neymar protagoniza propaganda pré-Copa repleta de estrelas
Comercial da Adidas mostra Messi sonhando com a Copa; assista
Lucas, Zidane e Beckham estrelam vídeo dirigido por Fernando Meirelles; assista

O sergipano fala que ainda tem hábitos brasileiros e que seu amor pelo país de origem é grande. “Sou e me sinto brasileiro e isso nunca vai mudar. Sou do estado do Sergipe, no coração do país. Na minha casa em Madri mantenho os costumes brasileiros e isso nunca vai mudar. Quero ganhar o Mundial com a Espanha, mas se não for possível meu segundo desejo é que ganhe o Brasil.”

Diego que sofreu com varias lesões no final da temporada, disse que está 100% e que está empolgado para jogar uma Copa no Mundo em seu país. “Me encontro bem fisicamente e estou muito motivado para jogar este Mundial. Não vou me poupar em nada. Vou me entregar neste Mundial como sempre fiz nas equipes em que joguei”, finaliza.

Diego Costa está confirmado pelo treinador Vicente Del Bosque para jogar o amistoso contra El Salvador nesse sábado, às 17h (horário de Brasília) em Washington, Estados Unidos. O confronto contra a equipe da América Central será o último teste antes da estreia da Fúria no mundial contra a Holanda, dia 13 na Arena Fonte Nova.

Reprodução: Getty Images



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.