Eternas promessas do futebol brasileiro vivem inferno astral

promessas
Reprodução/Facebook

Sabe aquele jogador que surge como craque nas categorias de base e depois some? Eles são conhecidos como eternas promessas. E vamos apresentar alguns agora, em uma pequena galeria que o Torcedores.com preparou.

O exemplo mais caro de eterna promessa é Lulinha. O ex-jogador corintiano surgiu como um craque, mas acabou não explodindo com a camisa da equipe principal do Timão.

Hoje, amarga a fila do desemprego, após ser demitido do Criciúma, mas deve arrumar um novo emprego lá mesmo em Santa Catarina, só que fora da elite do Campeonato Brasileiro.

Lulinha, no entanto, não é o único. A fila dos “craques” em inferno astral tem ainda clone de Ronaldinho Gaúcho, herdeiro de Paulo Henrique Ganso, “novo Neymar” e até o Messi brasileiro.

DESTAQUE
Zagueiro do Atlético-PR deixa paulistas na mão

Veja no álbum abaixo mais alguns pequenos exemplos desses “craques” do futebol brasileiro…só que não.



Redação do Torcedores.com