Juiz milionário apitará Brasil e Camarões

juiz

O juiz Jonas Eriksson, da Suécia, será o responsável pela partida entre Brasil e Camarões na próxima segunda-feira, no Mané Garrincha.

O árbitro que pertence ao quadro da FIFA desde 2002 está em sua primeira Copa do Mundo e fez sua estreia na patida entre EUA e Gana. Até agora, o jogo de maior destaque em que Eriksson atuou foi entre Atlético de Madrid e Chelsea, pela semi-final da Champions League 2013-14.

LEIA MAIS
Diante de tantas zebras, FIFA teme manipulação em jogo do Brasil

O sueco tem 40 anos de idade, é ex-jornalista e fundador da IEC in Sports, empresa que vende direitos de transmissão de eventos esportivos. Sua fortuna foi construída justamente desta atividade, pois ao vender sua parte no emprreendimento, Eriksson recebeu pouco mais de 7,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 23 milhões).

Desde então, Jonas Eriksson vem se dedicando integralmente a arbitragem e pode ser um dos únicos exemplos no mundo de alguém que consegue ser 100% árbitro de futebol.

No Brasil, temos uma grande discussão sobre isso e a partida contra Camarões será importante também para podermos avaliar se a salvação da arbitragem está apenas na profissionalização desta atividade.