Morre Fernandão, ex-Inter e São Paulo, aos 36 anos

O Internacional perdeu um dos grandes ídolos de sua história. O ex-atacante Fernandão morreu na madrugada deste sábado (7) em Aruanã, no interior de Goiás, após a queda do helicóptero em que estava com mais quatro amigos.  O acidente aconteceu por volta de 1h30. Fernandão foi o único dos ocupantes da aeronave que estava com vida no momento em que o resgate chegou. Ele foi levado a um hospital, mas não resistiu aos ferimentos. O ex-jogador tinha 36 anos.

Revelado pelo Goiás, Fernandão também jogou no futebol francês (Marseille e Toulouse), no Al-Gharafa, do Qatar, e no São Paulo, onde se aposentou em 2011. Seu melhor momento, contudo, foi com a camisa do Colorado, onde atuou entre 2004 e 2008.

No clube de Porto Alegre, teve a melhor estreia que qualquer jogador do Inter poderia sonhar: em 10 de julho de 2004, marcou o gol de número 1.000 dos Grenais. E só melhorou. O camisa 9 foi capitão e participou das campanhas vitoriosas de dois Campeonatos Gaúchos (2005 e 2008), uma Taça Libertadores (2006), um Mundial de Clubes da Fifa (2006) e uma Recopa Sul-Americana (2007).

A boa passagem no Inter o levou à Seleção Brasileira em 2005, para um amistoso contra a Guatemala. No clube gaúcho, ele teve também uma rápida passagem como técnico, entre julho e novembro de 2012.

Recentemente, iniciou a carreira de comentarista esportivo. Ele iria trabalhar no Sportv durante a Copa do Mundo.

Foto: Getty Images



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.