Opinião: Neymar decisivo e pênalti mandrake salvam estreia na Copa

neymar
Getty Images

A estreia do Brasil na Copa foi como muitos esperavam: sofrida, suada, difícil. E terminou com vitória da seleção brasileira com um pênalti mandrake sofrido por Fred e bem convertido por Neymar que, aliás, foi decisivo na partida.

LEIA MAIS:
Neymar faz o primeiro gol do Brasil na Copa
Marcelo faz contra o primeiro gol da Copa no Itaquerão

Neymar não foi brilhante, mas estreou na Copa com o peso nas costas de ser a estrela da seleção brasileira no Mundial do Brasil, e não decepcionou. Fez dois gols para o Brasil e foi decisivo na vitória.

O pênalti sofrido por Fred, a meu ver muito mal marcado, relembrou a estreia do Brasil e de Felipão na Copa de 2002. Naquele jogo contra a Turquia, o também centroavante Luizão simulou um pênalti e o árbitro caiu na sua conversa.

Claro que foi uma estreia. Se toda estreia por si só é difícil, imagina quando é em casa. E imagina para uma seleção que tem tanto peso da camisa como a brasileira. A tendência é que o Brasil deslanche contra o México. Mas erros como o do gol contra de Marcelo, em jogada que iniciou com falha de Daniel Alves, precisam ser corrigidos.



Jornalista de esportes desde 2005, com passagem pelo UOL e Terra. Editor de comunidades do Torcedores.com e blogueiro do renanprates.com