Opinião: Nick Diaz pode ser bom desafio para Spider

Anderson Silva deve voltar ao octógono apenas no início do ano que vem. Mas o próximo rival do Spider já está praticamente definido: Nick Diaz. O presidente do UFC, Dana White, afirmou recentemente que vê o combate com bons olhos.

“Anderson quer enfrentar Nick e Nick quer enfrentar Anderson. Por que eu diria não? Se é o que é preciso para fazer Nick lutar de noto… A equipe de Anderson quer, então veremos o que acontece”, afirmou o chefão da entidade do octógono ao site “MMA Fighting”.

Aos 30 anos, o norte-americano está aposentado desde que perdeu para o então campeão dos meio-médios (77kg), Georges St-Pierre, em março de 2013. No total, ele tem 26 vitórias, 9 derrotas e uma luta sem resultado. E Anderson é um dos rivais que o fariam voltar à ativa. os outros são GSP ou o atual campeão dos meio-médios, o americano Johny Hendricks.

O combate seria uma boa para Anderson. Diaz é um rival duro, com um jiu-jitsu afiado e excelente boxe. Aliás, o americano já provocou o Spider:

“Vou te dizer uma coisa: ele deveria demitir seu treinador e contratar um de boxe que o ensine a colocar socos. Em sua última luta, ele teve brechas para socar Weidman, mas não tinha nenhum soco. Essa foi a chave. Então ele começou a soltar chutes e vou você viu o que aconteceu com a sua perna”, falou ao “Fight Hub TV”, referindo-se à fratura na perna esquerda sofrida pelo brasileiro em sua segunda luta contra Chris Weidman, em julho do ano passado.

Pelo tom da alfinetada, é de se suspeitar que a luta vai acontecer. O UFC não costuma dar ponto sem nó. E seria ótimo para ambos. Uma grande luta que atrairia vendas de pay-per-view e publicidade. Para Anderson, seria um rival que sabe trocar bem em pé. E uma chance para mostrar que a mão do ex-campeão dos médios é pesada.



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.