Quem é a seleção “favorita” que mais decepcionou em Copas?

favorita
Getty Images

Toda Copa do Mundo é a mesma história: uma lista com os favoritos ao título e, com o decorrer do torneio, os principais candidatos vão caindo e as surpresas vão aparecendo. Na Copa das Copas em 2014 não é diferente e as favoritas Espanha e Itália foram as bolas da vez ao serem eliminadas já na primeira fase. Tanto a Azzurra quanto a Fúria caíram em grupos difíceis e o favoritismo de suas camisas não foi suficiente para fazê-las avançar.

DESTAQUE
Suarez morde Chiellini, mas árbitro não vê; assista
Jornais italianos reclamam da arbitragem após eliminação

Sendo assim, quem será a seleção campeã do mundo e cotada com uma das candidatas ao título da Copa que mais vezes deu vexame em Mundiais ao não conseguir sequer passar da primeira fase?

A história tem a resposta para isso:

  • Com uma eliminação cada, Argentina, Brasil e Espanha ocupam a 3º posição. Nossos Hermanos decepcionaram seu povo em 2002, no Japão e na Coreia do Sul, onde com um time recheados de craques ficaram pelo caminho logo na primeira fase. Vexame parecido também fez o Brasil, em 1966, já que com Pelé e Garrincha no elenco a seleção não conseguiu chegar às quartas de finais na Inglaterra. A Espanha, por sua vez, não fica atrás e como campeã do mundo foi humilhada por Holanda e Chile e teve que voltar para casa mais cedo;
  • Em 2º lugar, França e Uruguai ficam empatados com 2 eliminações cada. Le Blues saíram ainda na fase de grupos em 2002, com Zidane em campo, e 2010, após ter seu elenco ameaçado entrar em greve. Já a Celeste, campeã nos anos de 1930 e 1950, viu a Copa do Mundo acabar ainda nos três primeiros jogos em 1962 e 1974;
  • Mas o 1º lugar é disparado da Itália. A tetracampeã do mundo não conseguiu passar de fase nas Copas do Mundo de 1950, 1954, 1962, 1966, 1974, 2010 e 2014, perdendo nesta oportunidade para a o Uruguai na última rodada, quando o empate já lhe favorecia.