Seleção da primeira rodada da Copa tem domínio holandês

Getty Images

A Copa do Mundo de 2014 chegou ao fim de sua 1ª rodada. Após 16 partidas disputadas, entre os dias 12 e 17 de junho, todas as seleções que deveriam estrear já o fizeram e, para alegria de uns e desespero de outros, algumas demonstram capacidade para avançar de fase, enquanto outras já podem começar a preparar as suas malas.

Sendo assim, nada mais justo do que montar uma seleção das seleções, levando em conta apenas o desempenho apresentado na primeira partida e, principalmente, a posição em que cada atleta atuou.

LEIA MAIS
Copa: destaques e decepções da primeira rodada

Veja a lista abaixo:

Goleiro: Sirigu (Itália). O substituto de Buffon não teve culpa no gol que sofreu e ainda fez boa defesas ao longo da partida contra a Inglaterra que garantiram a vitória da seleção italiana.

Laterais: Aurier (Costa do Marfim) e Blind (Holanda). Tanto o lateral-direito de Costa do Marfim, quanto o lateral-esquerdo da Holanda, não marcaram gols, mas deram assistências cruciais que foram importantes para a vitória de seus times.

Zagueiros: Duarte (Costa Rica) e Hummels (Alemanha). Os dois zagueiros usaram a cabeça para marcar gols importantes de suas seleções, mas também estiveram seguros ao conter as investidas dos adversários e, por isso, estão na lista.

Meias: Pirlo (Itália), Bolaños (Costa Rica) e Oscar (Brasil). Pirlo foi o maestro da Itália na vitória sobre a Inglaterra, enquanto Bolaños não só deu duas assistências para gols, como também foi de seus pés que as ações ofensivas da Costa Rica se iniciaram. Oscar, por sua vez, foi o melhor jogador na estreia da seleção brasileira e participou de todos os gols, sendo, inclusive, o autor do terceiro.

Atacantes: Robben (Holanda), Muller (Alemanha) e Van Persie (Holanda). A dupla holandesa foi responsável direta pela massacre da Laranja Mecânica sobre a Espanha, tendo cada um marcado duas vez. Muller é o artilheiro da competição graças ao hat-trick marcado contra Portugal.

Técnico: Jorge Luís Pinto (Costa Rica). A disposição tática de seu time foi suficiente para superar o Uruguai e aprontar a primeira zebra da Copa do Mundo. Graças aos seus comandados, a Costa Rica é a líder do grupo da morte após a primeira rodada.

Obs.: Benzema (França), Campbell (Costa Rica) e Neymar (Brasil) fizeram grandes apresentações e são suplentes de luxo desta seleção.