São Paulo tem chance única para contratar Kaká. Só tem um porém

Kaká

Matéria de Fabricio Crepaldi e Marcelo Prado no Globoesporte.com informa que o Tricolor paulista negocia para ter Kaká por empréstimo. O meia teria um pré-contrato com o Orlando City, mas como a temporada americana somente começa em março 2015, até lá Kaká atuaria no clube que o revelou. Seriam assim 11 meses (10 meses desconsiderando a folga do fim de ano) jogando pelo São Paulo.

Importante deixar claro que ainda não há nada sacramentado, mas as chances de acerto são grandes (segundo a reportagem). Tanto que um dos maiores entraves (acerto salarial) já foi resolvido.

Não há dúvidas de que se trata de uma grande oportunidade. Eu mesmo duvidava que Kaká voltaria tão cedo ao Tricolor. É possível que a separação com sua esposa tenha cooperado para mudar esse cenário. Aos 32 anos, Kaká ainda pode render bastante, ainda que esteja distante do meia que chegou a melhor jogador do mundo.

Considerando-se a idade do jogador, o fato dele ser contratado sem custo e de provavelmente ter aceitado um salário realista tornam essa uma oportunidade única.

Lamento apenas  a curta duração do contrato. Kaká não jogaria nenhum campeonato completo pelo Tricolor. Nem Brasileiro, nem paulista nem uma eventual Libertadores. Além disso, tenho por princípio que jogador contratado por pouco tempo já chega no time pensando quando vai sair. Mas quando assina por 2 ou 3 anos, a perspectiva muda.

Por outro lado, é importante avaliar que Muricy teria ótimas oportunidades para montar o time. Com Ganso e Pato oscilando, seria bom ter mais disputa no setor ofensivo – muito embora Allan Kardec tenha acabado de chegar.

Por fim, a vinda de Kaká ajudaria bastante o Tricolor a conseguir um patrocinador master. Do jeito que está o mercado, seria uma ajuda mais do que bem-vinda paras as finanças do clube do Morumbi…



Um são-paulino que acha que sabe de alguma coisa.