Resumão: Veja como foram os times paranaenses no Brasileirão

Série B

Sexta feira,30 /5/2014

Itápolis /SP

Campeã brasileira ,maior produtora de laranja do país.

Fundação: 20/10/1892

População: 40.064 habitantes( censo IBGE 2010).

Ponto turístico: Salto da Onça – Uma pequena queda formada pelo Rio da Onça com uma mata no local. Muito apreciado pelos visitantes devido a sua beleza.

Para lá foi o Paraná Clube jogar contra o time do Oeste Futebol Clube ,a equipe da cidade.

Fundação : 25/1/1921

Mascote: onça

Técnico: José Macena

Ausentes: . Henrique Mattos, suspenso, e César Gaúcho, lesionado,os dois zagueiros.

Paraná Clube:

Técnico: Claudinei Oliveira

Os ausentes: Cambará: tendinite no tendão do calcanhar direito.

Juliano Mineiro: entorse no tornozelo direito.

Henrique Santos: contusão no dedão do pé esquerdo.

Lúcio Flávio: fase de transição – fisioterapia-treinos físicos.

Jogaram: jovens Rodrigo Mann, Marcos Serrato e Carlinhos.

O estádio:

Estádio Municipal dos Amaros

Fundação:20/10/1828

Capacidade: 14.444 pessoas.

E o jogo foi assim:

Pois é! Mais um empate na conta do Paraná clube…

Logo no começo da partida o Oeste atacou com Borebi em um chute violento e o goleiro Marcos defendeu.

E o Oeste abriu o placar com um gol totalmente ilegal do Diego Acosta em um impedimento escancarado.

Oeste 1×0 e o Paraná literalmente correu atrás do prejuízo com Breno ,mas a bola apenas passou perto do gol.

E o jogo seguiu até que Giancarlo o homem gol do Paraná foi derrubado por Lucas Bahia na área e o árbitro marcou o pênalti.

Ele mesmo cobrou no canto direito e confirmou .empate do Paraná

1×1 no placar

E…quase no final do primeiro tempo Sitta mandou uma bola de longe pro gol do Paes ,mas a redonda foi pra fora à direita da trave.

O Oeste respondeu com uma cobrança de falta ,mas Dênis acertou a trave.

O Paraná que já tinha perdido atletas importantes para a partida ,na entrada do segundo tempo o goleiro Marcos sentiu uma lesão e precisou sair ,entrou Jociel Henrique na trave .

Mal começou o segundo tempo, sem chance alguma e o Oeste passou na frente novamente no placar com Ligger de cabeça.

Novamente em uma cobrança quase Dênis fez mais um para o Oeste e daí ficaria tudo muito difícil para o tricolor.

Mais gol impedido do Oeste,desta vez anulado:

Éverton Dias de cabeça ,o assistente acusou o impedimento.

O Paraná fez mais uma falta para a cobrança de Dênis que Jociel foi buscar para impedir o gol da equipe anfitriã.

Mas o gol de empate Paranista,saiu!

Thiago Henrique ,após cruzamento de Carlinhos a bola passou por todo mundo e foi parar nos pés dele pra bater no cantinho e trazer a alegria para a torcida tricolor.

Lá no final do segundo tempo quase novamente o Oeste marcou com Jefferson Paulista que mandou um chute violento mas Jociel segurou e garantiu o empate tricolor .

E acabou assim a partida…

Mai um ponto para a equipe tricolor.

Cartões amarelos: Lucas Bahia (Oeste); Rodrigo Mann (Paraná )

Equipes :

OESTE-SP: Paes; Igor, Ligger, Lucas Bahia (Jefferson Paulista) e Denis; Cris, Éverton Dias, João Denoni e Hélton Luiz (Fernandinho); Borebi e Diego Acosta

Técnico:José Macena

PARANÁ-PR: Marcos (Jociel Henrique); Carlinhos Miranda, Gustavo, Anderson Rosa e Breno; Rodrigo Mann (Júlio César), Edson Sitta, Thiago Humberto e Marcos Serrato (Leandro Vilela); Carlinhos e Giancarlo

Técnico: Claudinei Oliveira

Próximo jogo do tricolor: dia 6/6 contra a Luverdense /MT na Vila Capanema às 19:30.

Curitiba/PR

Sábado,31/5/2014

Um dos pontos mais conhecidos e visitados diariamente pela população:

Parque Barigui: O parque foi criado em 1972 com a intenção de conter as enchentes e preservar a mata nativa da bacia do Rio Barigui na região, recebe o nome do rio Barigui que foi represado para formar um grande lago em seu interior. Está entre os maiores da cidade, sendo, também, um dos mais antigos. Diversas espécies de animais vivem livres no parque, como aves, capivaras e pequenos roedores. Um rebanho de carneiros também pode ser visto diariamente nos gramados, sob os cuidados de funcionários.

Coritiba x Goiás

A partida sobre o mando do Coritiba foi disputado no estádio da Vila Capanema em razão do Estádio Couto Pereira estar sob comando da FIFA para a copa do mundo.

O Coritiba:

Técnico: Celso Roth

O retorno: Alex e Gil

Destaque: O retorno de Keirrison ,o jogador símbolo da luta e da determinação no futebol brasileiro,merece estar mais em campo.

Mais tempo em campo,mais motivação pra jogar,

Mais motivação pra jogar mais gols para o Coritiba,fica a dica…

Goiás:

Técnico: Ricardo Drubscky

Pois é! e o Coritiba que entrou no gramado de verde e amarelo venceu sua primeira partida no campeonato brasileiro.

Foi um ótimo primeiro tempo do Alvi verde e o destaque negativo para as faltas cometidas pelo time do Goiás.

 

O jogo:

Já no começo da partida,o primeiro cartão amarelo do jogo para Alex Alves em uma falta que foi cobrada pelo Alex mas sem resultado de gol.

O gol saiu logo logo, Alex mesmo que fez de cabeça no canto do goleiro Édson.

O Goiás respondeu na trave com Thiago Ral e a cabeçada de Ramon,salvou Luccas Claro.

Minutos depois foi o Coritiba fulminante,no passe perfeito de Alex ,Keirrisson fez o segundo gol para a alegria da torcida alvi verde com 3935 pessoas presentes na Vila.

E após o gol o Goiás até tentou um ataque ,mas Vanderlei fez a defesa.

E mais Coritiba no ataque com Gil que bateu muito forte ,de forma cruzada na entrada da área para a defesa do goleiro Édson.

Para fechar o primeiro tempo o terceiro e último gol da partida, com o garoto Denner que chutou muito bem e completou a bola para as redes do Goiás

Coritiba 3×0 .

Segundo tempo :

No Coritiba saiu Gil, entrou Robinho

No Goías saiu Tiago Real para a entrada de Danilo

O segundo tempo no marasmo…

Sem grandes jogadas ou belas chances de gol…

O Goiás abatido pelos 3×0 ,o Coritiba “segurando” o resultado…

Só depois dos 30 minutos de jogo foi que apareceram grandes jogadas:

O Goiás com uma bola muito forte com Assuério para a defesa de Vanderlei.

E para fechar o jogo e o último lance do Coritiba ,o garoto Dudu mandou muito mal uma bola pra longe muito longe do gol .

E assim foi a história da primeira vitória Coxa Branca no campeonato.

O time ganhou folga até o dia 16/6 para até lá uma nova reapresentação.

Cartões amarelos: Gil, Reginaldo, Vanderlei, Germano (Coritiba); Alex Alves (Goiás).

CORITIBA-PR: Vanderlei; Reginaldo, Luccas Claro, Welinton e Dener; Gil, Baraka, Germano e Alex; Keirrison (Júlio César) e Zé Love (Dudu)

GOIÁS: Edson; Thiago Mendes, Alex Alves, Jackson, e Juliano (Lima); Amaral, Rodrigo, Ramon, Esquerdinha (Eric) e Tiago Real (Danilo); Assuério.

Florianópolis 1/6/14

Santa e Bela Catarina

A cidade da Ponte Hercílio Luz inaugurada em 1926 A ponte foi construída com o objetivo de ligar a parte insular da capital do estado, na ilha de Santa Catarina, à sua parte continental, visando substituir o antigo serviço de ligação por balsas.

Figueirense x Atlético Paranaense

Figueirense: o Furacão do estreito

Fundação:12/6/1921

Técnico : Guto Ferreira

Destaque: Everaldo o homem gol do time .

Atlético:

Técnico: Leandro Ávila

Destaques: Douglas Coutinho e o goleiro Weverton .

E o jogo:

O jogo começou já com um ataque perigoso do Figueirense com Marco Antonio para Everaldo para a defesa de Weverton.

E o Figueirense que com muitas dificuldades no campeonato além de perder a primeira chance de gol,perdeu também Giovanni Augusto ,na vaga entrou Vitor Junior.

E o Figueirense novamente no ataque ,era a pressão para abrir o placar da partida,com um belo passe de Ricardo Bueno para Marco Antonio que chutou fraco para Weverton pegar .

E Ricardo Bueno também saiu lesionado…Dudu entrou na equipe catarinense.

E o Figueirense não desistia … Everaldo bateu cruzado acertou o arco do goleiro Weverton.

E quem não fez…

Finalizando o primeiro tempo:

O nome dele no jogo:

Douglas Coutinho chutou no meio do gol e abriu o placar atleticano no Orlando Scarpelli .

Atlético 1×0

Veio o segundo tempo:

O técnico tirou Bady e colocou Nathan em campo.

O Figueirense veio determinado e começou o ataque com uma bela chance com Nem e Leandro Silva no rebote chutou e perdeu o lance para o goleiro Weverton.

E quem não faz? De novo…

Douglas Coutinho…era a noite dele…

O gol para ampliar o placar veio nos pés do cruzamento do Nathan para Coutinho que não quis saber,2×0 no placar.

Pois é !como sempre…

Placar ampliado,o time do Atlético recuou…deu espaços e permitiu uma artilharia pesada do Figueirense até que Everaldo fez o primeiro gol do Figueirense para descontar no placar e deixar a torcida atleticana nervosa…

Figueirense 1×2 Atlético

foi um abafa interminável até que …

Pela terceira vez …

Douglas Coutinho…eu disse que era a noite dele…

Gol de contra ataque ,totalmente livre da marcação chutou e fulminou o goleiro Tiago Volpi.

Cartões amarelos: Marquinhos, Vitor Júnior e Nem (Figueirense); Deivid, Léo Pereira, Natanael e Douglas Coutinho (Atlético-PR).

Equipes: FIGUEIRENSE: Tiago Volpi, Leandro Silva, Marquinhos, Thiago Heleno e Ivan; Nem, França, Marco Antonio (Jonathan) e Giovanni Augusto (Vitor Junior); Everaldo e Ricardo Bueno (Dudu) .

ATLÉTICO-PR: Weverton; Sueliton (Mário Sérgio), Cleberson, Léo Pereira e Natanael; Deivid, Otávio, Bady (Nathan) e Marcos Guilherme; Douglas Coutinho e Éderson (Cléo)

“Quando sua perspectiva está em Deus, seu foco está naquele que vence qualquer tempestade que a vida pode trazer.”

Max Lucado

Fontes: Wikipédia, Redação em campo, sites oficiais dos clubes:

Paraná ,Goiás e Coritiba.

Campeonato Brasileiro parado para a copa do mundo estarei de retorno cobrindo os jogos do Brasil na copa ,até lá!

Foto: Getty Images



Cursei educação física mas por opção e por caminhos que escolhi acabei indo para na crônica esportiva .algo que sempre foi minha paixão. Amo futebol e voleibol. Pratiquei natação minha vida toda também e postarei aqui matéria dos três esportes. Abraço a todos!