Veja quem já está no time dos machucados da Copa

copa
Crédito da foto: Getty Images

Toda Copa do Mundo que se preze tem, além de jogos emocionantes, gols bonitos e polêmicas dentro e fora de campo, jogadores que voltam mais cedo aos seus países ou que passam o torneio no banco por conta de lesões. No Brasil, em 2014, não tem sido diferente. Graças às botinadas de zagueiros e volantes treinados no futebol arte marcial, muita gente já foi para o estaleiro e está no time dos machucados.

E olha que não estamos falando de gente que se machucou antes de a competição começar, casos do francês Ribéry, do colombiano Falcao García e do italiano Montolivo. Confira quem está, literalmente, mal das pernas no Mundial do Brasil:

Assim como aconteceu em 2010, a Seleção Brasileira teve sorte. Nenhum jogador foi cortado antes do torneio. Mas quando a bola começou a rolar, o atacante Hulk sentiu dores na coxa esquerda. Por esse motivo, o camisa 7 ficou de fora do empate por 0 a 0 contra o México, terça-feira (17), em Fortaleza. O atleta afirmou que estava bem, mas é fato que ficou fora de alguns treinos. Diagnóstico: não preocupa.

Se o Brasil teve uma mãozinha do destino, o mesmo não se pode dizer de Portugal. Não bastasse a goleada sofrida para a Alemanha (4 a 0 fora o baile, segunda-feira, em Salvador), os lusos perderam de uma só vez três jogadores. O caso mais grave foi o do lateral-esquerdo Fábio Coentrão, já cortado da equipe por causa de uma lesão séria na coxa direita. Além do camisa 5, o goleiro Rui Patrício e o atacante Hugo Almeida machucaram a coxa esquerda. Não foram cortados, mas são dúvidas. Domingo (22), contra os Estados Unidos em Manaus, o técnico Paulo Bento deve escalar, respectivamente André Almeida, Beto e Éder.

Mas a goleada teve um preço para os germânicos. Eles não tiveram o volante Schweinsteiger na estreia – o craque ficou fora de combate por causa de uma pancada sofrida no pé esquerdo e por uma lesão no joelho anterior ao Mundial. Mas, quem entrou no campo também sofreu. O zagueiro Hummels teve uma hemorragia muscular na coxa direita e deve desfalcar a equipe diante de Gana, sábado (21), em Fortaleza. O lateral-direito o Boateng deslocou o polegar da mão direita, mas tem condições de jogo.

A Itália também começa a ver solução para os problemas. Capitão do time, o goleiro Buffon foi desfalque na vitória por 2 a 1 sobre a Inglaterra, sábado (14), em Manaus. O camisa 1 machucou o tornozelo e o joelho da perna esquerda e foi substituído por Sirigu. O lateral-esquerdo De Sciglio é outro que está praticamente recuperado de lesão na coxa. Ele e Buffon devem ser as novidades na Azzurra para o embate com a Costa Rica, sexta-feira (20), em Recife.

Croatas e camaroneses, que se enfrentam nesta quarta-feira (18) em Manaus, também não escaparam da bruxa. O atacante Samuel Eto’o, principal jogador dos africanos, estã com o joelho direito ruim e dificilmente joga novamente nesta Copa. Já os europeus devem contar com o meia Modric, que sofreu um pisão no pé direito após o jogo contra o Brasil, na abertura da Copa (dia 12), em São Paulo.



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.