Relembre 7 grandes momentos de Robinho no Santos

Getty Images

O atacante Robinho está de volta ao Santos mais uma vez. O craque das pedaladas foi apresentado nesta quinta-feira na Vila Belmiro e já é a esperança dos torcedores do Peixe, que ficaram órfãos de uma referência em campo desde a saída de Neymar para o Barcelona, em maio do ano passado.

LEIA MAIS
Mercado da Bola: Robinho está de volta ao Santos

Robinho já passou por momentos históricos no clube praiano, onde esteve por duas ocasiões. Primeiro, foi revelado em 2002 no time que conquistou o Campeonato Brasileiro, quebrando um jejum de 18 anos sem títulos importantes para o Santos. Essa passagem durou até 2005 e teve mais um título do Nacional na conta. O jogador retornou em 2010 e faturou o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil.

Confira abaixo e relembre sete grandes momentos de Robinho no Santos

1-) Pedaladas em cima de Rogério e título brasileiro

Robinho foi o grande craque da decisão entre Santos e Corinthians no Brasileirão 2002. O Peixe voltava a revelar um craque, muito comparado a Pelé no seu primeiro ano. “O raio cai duas vezes no mesmo lugar”, diziam os torcedores.

2-) Show logo na estreia em Libertadores

Com o título brasileiro, o Santos voltou a jogar a Libertadores. Logo no primeiro jogo, Robinho deu um show. Não fez gols, mas foi a grande estrela da goleada por 5 a 1 sobre o América de Cali, fora de casa.

3-) Título brasileiro após drama pessoal

Robinho ficou fora dos gramados durante mais de um mês por causa do sequestro de sua mãe, Marina da Silva Souza, no final de 2004. Enquanto isso, o Santos perseguia o Atlético-PR na briga pela liderança do Brasileiro, agora disputado em pontos corridos. Marina foi libertada do cativeiro apenas dois dias antes da última rodada do campeonato. Robinho voltou e o Peixe foi campeão.

4-) Show contra o Corinthians na Vila

Robinho fez dois gols e deu uma assistência na vitória por 3 a 0 do Santos sobre o Corinthians, na Vila Belmiro, pelo Paulistão 2005. Mas só dizer que foi uma vitória por três gols em casa contra o maior rival não dá o peso que aquele resultado teve. Era o primeiro confronto entre as duas equipes depois da chegada do badalado Carlitos Tevez ao Timão. O clube vivia a euforia da MSI com a montagem do time que seria campeão brasileiro. A vitória do Santos ganhou muito mais peso por isso.

5-) Despedida rumo ao Real Madrid

Robinho foi vendido ao Real Madrid em 2005. A despedida aconteceu em uma partida contra o Figueirense na Vila Belmiro, vitória do Santos por 4 a 3. O craque deixou sua marca e beijou o gramado do estádio que o consagrou.

6-) Volta triunfal e parceria com Neymar

Robinho voltou ao Santos após uma fase ruim no Manchester City em 2010. A intenção era se preparar para a Copa do Mundo daquele ano, e o time inglês não estava mais oferecendo muitas chances ao atacante. A recepção teve até chegada de helicóptero com o jogador no gramado da Vila Belmiro.

Ainda como parte do retorno, o primeiro jogo foi logo o clássico contra o São Paulo, pelo Paulistão, na Arena Barueri. Robinho decidiu o jogo, vencido pelo Peixe por 2 a 1, com um golaço de letra. No mesmo jogo, Neymar já havia feito uma paradinha histórica contra Rogério Ceni em cobrança de pênalti no primeiro tempo. Era o início de uma parceria de ouro no time alvinegro.

7-) Último título e nova despedida

Veio com derrota no Barradão, mas o Santos se aproveitou da vantagem dos 2 a 0 no primeiro jogo em casa para ser campeão da Copa do Brasil de 2010 mesmo com um 2 a 1 para o Vitória. Era o título nacional na segunda despedida de Robinho do Peixe.



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.