Se quiser contar com Bolaños, Atlético-MG precisa correr

Bolaños
Getty Images

Restam apenas 24 horas para o Galo definir se vai trazer o meio-campista costarriquenho Bolaños ou não. O jogador, titular da seleção sensação da última Copa do Mundo, está nos planos do clube desde que o apito final foi soprado no Maracanã, há pouco menos de um mês.

Até semana passada, o acerto esteve bem próximo de se concretizar, porém, por causa dos diversos compromissos que o diretor Eduardo Maluf teve nos últimos dias, as tratativas para contar o atleta estacionaram.

LEIA MAIS
Mercado da bola: Cristaldo chega ao Brasil para assinar com o Palmeiras

Agora a definição precisa acontecer o mais rápido possível, já que o prazo estipulado para determinar o acordo é hoje, sexta-feira.

O empresário do atleta, Luciano Coutinho, explicou a situação em entrevista concedida ao repórter Tiago Mattar, do portal Superesportes: “paramos tudo como estava. O clube viajou, teve jogo pelo Brasileirão, enfrentou alguns problemas internos. Não queríamos tumultuar, preferimos esperar”.

Segundo Luciano, Bolaños também recebeu ofertas do Mundo Árabe e do Flamengo, mas o próprio jogador teria preferido a oportunidade de defender o Atlético-MG, por ser um time que tende a brigar por títulos, inclusive o da atual edição do Brasileiro.

O último clube em que Bolaños, de 30 anos, atuou foi o Copenhague, da Dinamarca.



Tudo o que preciso é um papel e uma caneta. Apaixonado por esportes desde 1900 e bolinha: de futebol, basquete, tênis, rugby...