Veja como funcionam os principais esquemas táticos do futebol

A Copa do Mundo já passou e o Brasil foi goleado. Na Serie A, 13 rodadas já foram disputadas e o Flamengo é lanterna, enquanto o Cruzeiro é líder disparado e para mim vai ser o campeão. Na Serie B já foram 15 rodadas e o Vasco não está nem no G4. Dá pra ver que tem algo errado no futebol brasileiro. Problemas na base, no calendário tudo mais. Outro grande problema que eu vejo são os treinadores ultrapassados que não sabem usar direito alguns esquemas táticos.

Então vou mostrar a vocês, alguns times com os esquemas táticos mais usados e explicar como eles funcionam .

Vamos começar pelo 3-5-2 e nada melhor do que mostrar o time do São Paulo campeão Mundial em 2005

sistemas taticos 1

Dos zagueiros, Fabão subia mais ao ataque. Mineiro e Josué que eram os volantes, ajudavam na marcação e cobriam os buracos quando Fabão, Cicinho e Junior subiam. Danilo era o típico camisa 10 e distribuía a bola no ataque. Amoroso sempre caia pela direita para ajudar o Cicinho e Aloísio era o centroavante. Foi assim que o São Paulo venceu o Liverpool e foi campeão do mundo com Paulo Autuori e depois usando o mesmo esquema tático papou 3 Brasileirões (2006, 2007 e 2008) com Muricy.

Agora o que acham do 4-2-2-2?

Entre os 4-4-2 esse é meu favorito e escolhi o Fluminense vice campeão da Libertadores para mostrar para vocês como funciona.

sistemas taticos 2

Um dos melhores times do Fluminense que eu já vi. Uma zaga sólida com 2 laterais que subiam muito. No meio tinha o Ygor de cão de guarda e Arouca que saia mais para o jogo, e na criação 2 camisas 10, Conca e Thiago Neves que chegavam fácil no ataque. Os atacantes eram Dodô que fez sucesso no Botafogo e logo foi contratado pelo Fluminense. Ele voltava um pouco mais para buscar a bola enquanto o coração valente, Washington era o matador

Agora um 4-4-2 que eu odeio, o 4-3-1-2. Pensei em usar meu time para falar desse esquema mas para não encher o técnico de críticas, pensei um pouco mais e lembrei de Celso Roth, o técnico mais retranqueiro que eu conheço, então vamos lá ao Grêmio de 2011.

sistemas taticos 3

Bom goleiro, com uma zaga razoável e 2 laterais que sobem muito, 3 volantes para cobrir os buracos dos laterais. Desses 3 Rochemback ficava mais como cão de guarda, Fernando ajudava a defesa quanto o ataque e o jovem Adílson era um dos que subia mais. Na armação Douglas ficava sobrecarregado, era o único armador do time, enquanto Miralles era um segundo atacante que aproveitava de sua velocidade para jogar pela ponta e Brandão era o camisa 9.

Mais um 4-4-2, o Losango. Vou usar o Vasco de 2011, o Trem Bala da Colina côo era conhecido. Time de Juninho e Felipe juntos, muitos pensaram que os dois não iam dar certo por serem “velhos” mas foi muito diferente, o time conquistou a Copa do Brasil, chegou ao vice do Brasileiro e foi longe na Sul-Americana.

sistemas taticos 4

Na zaga o Renato Silva e o suicida do Dedé, um excelente zagueiro mas quando o time estava perdendo ia com tudo para o ataque e as vezes conseguia marcar, se tornou ídolo no clube. Para não deixar buraco na zaga Jumar improvisava de lateral esquerdo e nunca subia, na outra lateral tinha o Fagner que era muito bom no ataque e fazia uma ótima dupla com Eder Luis quer jogava de segundo atacante pela direita. No meio Rômulo era o cão de guarda do time e Juninho e Felipe meias de criação mas não subiam muito, ficavam explorando lançamento e passes em profundidade para o Eder correr ou Alecsandro finalizar, Diego Souza era o 10 da equipe, sempre criando boas jogadas e tinha umas boas arrancadas que surpreendiam o adversário.

Vou sair do 4-4-2 e ser um pouco mais ofensivo. Agora vou de 4-3-3, para mostrar como funciona escolhi o Corinthians campeão da Copa do Brasil, o Corinthians do Ronaldo.

sistemas taticos 5

Uma boa zaga, André Santos em sua fase boa e Alessandro indo e voltando nas laterias e no meio tinha Cristhian de cão de guarda e Elias de segundo volante sempre chegando de elemento surpresa no ataque, Douglas ficava encarregado da criação. No ataque tinha o Dentinho numa ponta e Jorge Henrique na outra, os dois usando muito a velocidade e fazendo a bola chegar no Ronaldo com qualidade. Jorge Henrique ainda fazia um pouco mais, ele voltava para ajudar Alessandro na marcação. Já o Ronaldo ficava lá na frente esperando a bola pra colocar nas redes

Agora vamos ao esquema da moda, o 4-2-3-1. Vou usar um time que eu adorei ver jogando e torci muito para o título, o Galo de 2013, campeão da Libertadores.

sistemas taticos 9

Uma boa zaga com Leonardo Silva e Rever, laterais que sobem muito, Pierre e Josue de volantes marcadores para cobrir suas subidas de Marcos Rocha e Junior Cesar. Ronaldinho distribuindo o jogo pelo meio com Bernard e Tardelli na mesma linha pelas pontas. Eles iam para o ataque mas voltavam para ajudar a marcação. Isso era um dos pontos fortes do time que atacava e defendia muito bem. No ataque tinha o Jô que não costumava desperdiçar as bolas que chegavam.

Agora vamos falar do Esquema que impressionou a todos esse ano, o 4-1-4-1, esquema do Bayern de Munique e da Seleção Alemã. Eu preferi escolher a seleção para mostrar a vocês.

sistemas taticos 6

Hummels e Boateng impecáveis na zaga e Howeds de lateral direito que era um terceiro zagueiro enquanto Lahn tinha mais liberdade para subir na esquerda. O único volante era o Schweinsteiger que além de marca distribuía o jogo. Mais a frente tinha uma linha de 4 com Reus, Kroos Khedira e Muller, todos indo e voltando com Klose La na frente. A seleção fazia uma marcação ofensiva que pressionava a saída de bola adversária

OBS: Todos os times começam por um grande goleiro.

E ai? Percebeu algum erro no esquema tático do seu time?


Curta a pagina no Facebook:
https://www.facebook.com/lanceultimo
Twitter: @ultimo_lance



Sou estudante de comunicação social na PUC-RJ, tenho 20 anos e apaixonado por esportes. Em meus textos busco colocar a melhor informação possivel com muitos dados e as vezes opinião. O melhor do PVC e do Rica Perrone juntos em um só