Willian José não vai resolver problemas do Palmeiras

Foto: Divulgação/CBF

Willian José debe ser anunciado nos próximos dias como novo reforço do Palmeiras. Mas o centroavante pouco vai mudar na vida do torcedor alviverde. Mesmo com ele, o Verdão vai lutar para se manter no meio da tabela do Campeonato Brasileiro.

Apesar de ter vindo do Real Madrid, Willian não é um atacante excepcional. Tem qualidade, claro. Foi um dos destaques da campanha da seleção brasileira no título do Sul-Americano sub-20, disputado no Peru, em 2011. Revelado no Barueri, teve atuações regulares no São Paulo, no Grêmio, no Santos até que foi emprestado ao Real. Lá, atuiu basicamente pelo time B. Não convenceu.

Willian José terá de provar ao torcedor do Palmeiras que, no Palestra, tem a bola que justificou sua transferência para o Real Madrid. Ele pode não ser o melhor centroavante do mundo, mas se mostrar vontade e raça, pode cair nas graças dos alviverdes. E, lógico, tem de fazer gols. Muitos gols, de preferência.

O discurso já está pronto. Mesmo sem ter sido oficializado pela directoria palmeirins, o atacante já fala como jogador do clube. Willian José sabe da responsabilidade de defender o Palmeiras, clube em que a pressão é frequente (e grande), no ano do centenário. Mas tratar o jogador como solução é errado.

O time do Palmeiras não é ruim. Mas está longe de ser bom. A situação na tabela do Campeonato Brasileiro é reflexo da falta de constância do técnico Ricardo Gareca. No torneio, são sete jogos que o clube não vence. As escalações, sempre com muitos argentinos, mudam constantemente. Logo, não há entrosamento. Não será Willian José mesmo que dará jeito.

Ele chegará ao Palmeiras para ser mais um, para ser titular do ataque. O principal concorrente será Henrique, que também é centroavante. O argentino Mouche, Diogo, Leandro, Mazinho e Rodolfo têm outras características e disputarão posição entre eles.

Willian José pode ser o que o Palmeiras precise agora. Mas, sozinho, não vai conseguir resolver nada.

Foto: Reprodução/Facebook



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.