Xavi anuncia aposentadoria da seleção espanhola

Barcelona
Getty Images

O meia Xavi anunciou o fim de sua trajetória na seleção espanhola. Aos 34 anos, ele pretende deixar de lado o futebol internacional para se dedicar exclusivamente ao Barcelona.

A decisão indica o fim de uma parceria que rendeu muitas glórias: Xavi foi o maestro de La Roja em suas maiores conquistas – as Eurocopas de 2008 e 2012 e a Copa do Mundo de 2010, num total de 133 partidas disputadas e 13 gols feitos.

LEIA MAIS
Você sabia que Ibrahimovic já chamou Xavi e Iniesta de palhaços?

“Meu tempo chegou ao fim”, afirmou o catalão. “Sou grato a todos da Federação. Foram momentos maravilhosos e de muito sucesso em todos esses anos. Estou deixando a Seleção com muito orgulho e desejo o melhor a ela. Agora, vou acompanhá-la como torcedor”.

Xavi deixa a Espanha num momento de mudanças e questionamentos. Depois dos títulos conquistados em quatro anos, La Roja não conseguiu manter seu padrão de futebol e foi eliminada na primeira fase da Copa do Mundo de 2014. O tiki-taka, estilo de jogo consagrado pelo Barcelona, não é mais unanimidade, e muitos colocam isso na conta da queda de rendimento de Xavi por conta da idade.  

Ele foi o maior expoente da escola de toque de bola intenso e inteligente que encantou o mundo e teve seu auge em 2011, sob o comando de Guardiola. Recentemente, Xavi foi convencido por Luis Enrique e Zubizarreta, respectivamente treinador e diretor de futebol do time catalão, a continuar a defender as cores azul-grená na próxima temporada, depois de ter anunciado sua intenção de mudar de clube. 

Foto: Getty Images



Jornalista formado pelo Mackenzie. Fã de futebol, tanto nacional quanto europeu.