Brasil dá show em cima da Rússia e está na semi do Mundial de Vôlei

O Brasil está vivo na luta pelo tetracampeonato mundial masculino de vôlei. A seleção comandada por Bernardinho deu um show em quadra nesta quarta-feira (17) e venceu a Rússia por 3 sets a 0, em uma exibição digna de campeão, com parciais de 25-22, 25-20 e 25-21.

LEIA MAIS
Veja como os uniformes do vôlei mudaram nos últimos 30 anos
Relembre 5 grandes momentos do Mundial masculino de vôlei
Relembre os três títulos mundiais de vôlei do Brasil

O grande destaque do Brasil na partida desta quarta foi Murilo, que retornou com uma aula de vôlei e ajudou a colocar a seleção em mais uma semifinal de Mundial. Emocionado, o jogador disse que ainda tenta se acostumar ao papel de líder da equipe.

“O meu papel hoje é diferente do que foi em 2010, ou em 2012. Estou ainda me adaptando a isso, mas procuro liderar dentro de quadra, dar ao grupo tranquilidade para jogar. O nosso time é assim”, disse Murilo ao SporTV após o jogo.

O Brasil não foi inferior à Rússia em momento algum durante a partida. Apenas no terceiro set, o time de Bernardinho ficou atrás com alguma vantagem maior dos russos no placar, mas logo a seleção brasileira conseguiu impedir qualquer chance de reação.

Todo a desconfiança gerada pela atuação instável no jogo do dia anterior, contra a Polônia, foi abafada pelo desempenho do time contra os russos. Agora, o Brasil aguarda para conhecer o adversário na semifinal. Com três pontos, o time brasileiro se classificará em primeiro lugar se a Rússia vencer os poloneses nesta quinta-feira (18). Caso os donos da casa vençam, o Brasil ficará com a segunda posição.

No outro grupo, a França bateu a Alemanha por 3 a 0 no primeiro jogo. Nesta quarta, os alemães fizeram 3 a 0 no Irã. O próximo duelo, entre franceses e iranianos, vai decidir as posições. Um deles será o adversário do Brasil no sábado, na briga por uma vaga na final.

Na decisão, o Brasil poderá voltar a enfrentar a Rússia, que já havia sido batida pelo time de Bernardinho por 3 a 1 na segunda fase. Também poderá jogar contra a Polônia, na luta por uma revanche que valeria o tetra. Esses são os caminhos para mais uma conquista brasileira no vôlei mundial.



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.