Brasil perde novamente e decide contra Japão sua permanência no Mundial de basquete

Enfrentando a segunda pedreira do grupo A na Copa do Mundo feminina de basquete, o Brasil bem que tentou resistir, porém os erros, a competência e experiência do adversário pesaram mais uma vez. Jogando novamente na Arena Ankara, as brasileiras perderam para a Espanha por 83 a 56.

O primeiro período teve um panorama positivo, já que mesmo tendo estourado muito cedo o limite de faltas, o Brasil não foi punido em grande desvantagem no placar devido ao péssimo aproveitamento espanhol nos lances livres. Conseguindo ter mais eficiência ofensiva que na estreia, as comandadas de Luiz Augusto Zanon terminaram a frente do marcador nos 10 primeiros minutos: 13 a 12.

Porém, a partir daí, o talento e experiência das espanholas entrou em ação. Com Anna Cruz, Lucila Pascua e Laia Palau chamando a responsabilidade, a equipe que é a atual campeã europeia passou a frente e foi abrindo larga vantagem no marcador apenas aproveitando os erros brasileiros e, principalmente, dominando o rebote ofensivo e defensivo.

Com a segunda-feira de folga, ambos os times voltam a quadra na terça-feira (30) com objetivos bem diferentes. Enquanto a Espanha disputará a primeira colocação da chave contra a República Tcheca, que dará o direito a vencedora de avançar direto para as quartas de final, Brasil e Japão fazem o “duelo da morte”, já que quem perder estará fora da próxima fase.

Foto: Reprodução/ FIBA



Jornalista formado em 2012 pela FIAM e que tem paixão por esportes, destacando-se Futebol, MMA, Basquete e Automobilismo. Foi editor e repórter do Universo dos Sports.