Copa do Nordeste 2015 com clássicos ainda na primeira fase

Foto: Divulgação

Para aqueles que estão com saudade da “Lampions League”, Copa do Nordeste, a edição 2015 do torneio regional já deu seu pontapé inicial. O sorteio ocorrido na quinta-feira passada reservou o melhor para o torcedor nordestino: logo na primeira fase tem clássico cearense.

Leia mais: Descubra quem é o maior vice-campeão do Brasil

Com grandes times, estádios lotados e jogos emocionantes, a Copa do Nordeste voltou a ser um grande sucesso não somente no cenário regional, mas em todo o país. Em sua edição de 2015, contará com 20 times, diferentemente dos anos anteriores.

Mais 4 clubes – dois do Maranhão e dois do Piauí – foram inseridos na competição, formando com as vagas já existentes cinco grupos com quatro times. O primeiro de cada grupo e os três melhores segundos colocados avançam para a fase oitavas-de-final.

GRUPO A: Vitória-BA, América-RN, Confiança-SE e Serrano-BA
O grupo A conta com dois clubes baianos, e tem o Vitória como grande favorito, não só ao grupo mas também ao título. Com um orçamento e um planejamento destoante do resto do seu grupo, tende a ficar na primeira posição, não tendo muita dificuldade para conseguir a vaga. A segunda posição, apesar da força do América de Natal, ainda é uma incógnita. O Confiança e o Serrano não deixarão os favoritos do grupo passarem por cima de qualquer jeito, tentarão tirar pontos fora de casa e fazer valer seus mandos de campo.

GRUPO B: Sport-PE, Sampaio Corrêa-MA, Coruripe-AL e Socorrense-SE
Talvez o grupo B seja o menos equilibrado dos grupos da edição de 2015. Sport é o atual campeão do torneio e o favorito para levar a primeira vaga do grupo, apesar de seu retrospecto ruim na fase de grupos do torneio. Já o maranhense Sampaio Corrêa conta com a força da sua torcida e com um ótimo planejamento – o resultado é a boa campanha na Série B – para dificultar as coisas para o clube pernambucano. Deve estar entre os três melhores segundos. Socorrense e Coruripe entram como franco-atiradores nesse grupo, tentando ganhar “cancha” no cenário nordestino. A equipe sergipana deixou pra trás um dos grandes do estado, o Sergipe, para garantir vaga na Copa. Já o Coruripe é o atual campeão alagoano, e luta para beliscar uma vaga e fazer história.

GRUPO C: Náutico-PE, Salgueiro-PE, Moto-Club-MA, Piauí-PI
Alvirrubros e Carcarás na disputa por uma vaga e estreantes em cena. O Náutico, já tradicionalíssimo na Copa e que hoje disputa o acesso na Série B, é mais um dos candidatos ao título. Terá que enfrentar o time da sua terra, que desbancou seu tradicional rival Santa Cruz. O Salgueiro volta para esse edição sonhando alto, querendo avançar para as oitavas e surpreender na competição. O clube pernambucano foi terceiro colocado no estadual e está perto de um acesso na Série C. Já o Moto Club e o Piauí estreiam na competição querendo fazer bonito, e desbancar a dupla pernambucana. O mais provável é uma disputa pela segunda colocação.

GRUPO D: Ceará-CE, Fortaleza-CE, Botafogo-PB e Ríver-PI
Um dos grupos mais difíceis da Copa do Nordeste, e há uma indefinição pela segunda vaga. O Ceará tem sido um dos melhores clubes do nordeste nessa temporada, com o artilheiro Magno Alves sendo o maior goleador do Brasil. O Fortaleza vai muito bem na Série C, e promete dificultar a vida do seu rival, nos clássicos, onde não há um favorito. O Botafogo da Paraíba promete incomodar e muito os times cearenses, visto que no ano anterior dificultou a vida do campeão do torneio, o Sport, ainda na fase de grupos. Jogar em João Pessoa é muito difícil, sendo a casa do Botafogo um verdadeiro caldeirão. Já o estreante River do Piauí promete correr por fora, e tentar incomodar os times tradicionais, fazendo valer a força do seu elenco, que hoje disputa a Série D.

GRUPO E:  Bahia-BA, CRB-AL, Campinense-PB e Globo-RN
O grupo da morte dessa edição, devido ao grande equilíbrio entre os clubes nele. O Bahia, apesar da tradição e da grande força, ainda não mostrou a que veio na competição, e tentará impor seu favoritismo. Mesmo assim, tem que tomar cuidado com o CRB, clube alagoano vice-campeão estadual. O Galo da Pajuçara, como é conhecido, faz do Rei Pelé a sua fortaleza, e sempre encrenca o jogo para seus adversários. Disputando a Série C, oscila entre a segunda e a terceira divisão, monta bons elencos mas tem problemas de continuidade no trabalho. Promete brigar com o Campinense e Bahia por uma vaga. O clube de Campina Grande foi o campeão da edição de 2012, mas muita coisa mudou de lá para cá, com a saída de Oliveira Canindé e parte de seu elenco. Faz do Amigão um verdadeiro caldeirão, contando com a força da torcida paraibana para tentar chegar mais uma vez ao título. A grande surpresa, não só do grupo mas também da competição é o Globo, do Rio Grande do Norte. O time potiguar surpreendeu no estadual desbancando ABC e Potiguar que postulavam uma vaga na competição e promete incomodar muito seus adversários.

Assim se encaminha a Copa do Nordeste para a sua terceira edição nessa nova “roupagem”, e mais uma vez deve colocar muitos torcedores, tendo a maior média de uma competição no país. O torcedor nordestino sempre dá um show, e em 2015 não deve ser diferente. Quem não acompanha e não conhece o torneio já está convidado a estar ligado no dia 4 de fevereiro em um dos maiores torneios do país.



Estudante de Jornalismo na UFPE, fã de esportes, apaixonado por futebol mas também rugby e futebol americano.