Dida e Rogério Ceni: quarentões com carreiras semelhantes

Dida e Rogério Ceni são dois goleiros com carreiras fantásticas. Um saiu do Brasil e já foi considerado o segundo e terceiro melhor goleiro do mundo nas temporadas 2004 e 2005. O outro fez sua carreira no Brasil, se tornou o maior arqueiro artilheiro e um mito para a torcida do São Paulo. Ambos têm uma carreira semelhante, e vale ser destacada.

LEIA MAIS
Veja por onde anda Mineiro, ex-jogador do São Paulo

Rogério Ceni se torna o 11° maior artilheiro da história do São Paulo
Inter retoma a segunda posição depois de quatro rodadas

Ambos começaram jogar no ano de 1992, e de lá para cá, Dida passou por alguns clubes do Brasil e jogou apenas pelo Milan na Europa. Rogério Ceni apesar de ser revelado pelo Sinop do Mato Grosso começou a jogar para valer no São Paulo. Mas suas semelhanças são em questões de títulos.

Dida, por exemplo, jogando pelo Milan ganhou duas vezes o título de maior importância na Europa, a Champions League. Pelo Cruzeiro ganhou a Libertadores de 1997. Rogério Ceni já estava no grupo que levou a primeira Libertadores, então somando as taças de maior importância ele levantou ao todo três canecos do principal torneio da América do Sul. Analisando os dois possuem três títulos de grande relevância em suas carreiras.

O goleiro do Internacional é bi-campeão mundial. Ganhou em 2000 pelo Corinthians e em 2007 pelo Milan. Rogério leva a vantagem de ter um título mundial a mais, já que ganhou em 92, 93 e 2005.

Quis o destino que ambos se encontrassem na Seleção Brasileira. Dida e Rogério Ceni estiveram no elenco campeão da Copa das Confederações de 1997. Na Copa do Mundo de 2002, mais uma vez ambos arqueiros estavam lado a lado, agora na campanha do pentacampeonato.

Quando se trata de desempenhos individuais, Dida e Rogério já estiveram no top 10 dos melhores goleiros do mundo, segundo o IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística do Futebol). O ídolo do Milan, Corinthians e Cruzeiro esteve presente na lista em três oportunidades (2003, 2004 e 2005), já o mito tricolor já teve a oportunidade de estar entre os melhores também por três vezes (2005, 2006,2007).

E hoje ambos já quarentões continuam em atividade. Ceni tem 41 anos, já o goleiro do Internacional mês que vem completará a mesma idade no começo do mês que vem. Só para fechar, o ídolo são paulino possui 26 títulos na carreira, e Dida 25.

Foto: Montagem/ Getty Images



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.