Lutador acusado de espancar atriz pornô pode pegar prisão perpétua

Cristy-Mack

O lutador John Koppenhaver, ou War Machine (Maquina de Guerra), como também é conhecido, pode pegar prisão perpétua nos Estados Unidos. Tudo porque ele é o principal suspeito de espancar a atriz pornô Christy Mack. Além disso, também é acusado de mais 31 crimes que teriam sido cometidos desde maio do ano passado.

LEIA MAIS
Atriz pornô afirma que lutador de MMA a agrediu
Pacquiao compra briga com Mayweather: “mal educado e mau exemplo”
Mudou de esporte? Pacquiao veste camisa e joga nos Warriors

Em agosto deste ano, o ex-lutador do UFC foi acusado de ter espancado Christy, que teve 20 ossos quebrados e ainda algumas perfurações pelo corpo. Na denuncia, a atriz pornô afirmou que Koppenhaver tentou agredi-la com uma faca.

Sobre os outros delitos cometidos desde 2013, estão 31 crimes, segundo o tabloide Las Vegas Review-Journal.

De acordo com Jacqueline Bluth, promotora pública, as acusações que surgiram contra o lutador desde o ano passado foram feitas após uma investigação mais apurada depois da prisão de Koppenhaver. Entre os delitos estão: tentativa de homicídio, agressão sexual, espancamento, ameaça a testemunha e às vítimas, sequestro resultando em agressão física, abuso sexual, entre outros crimes.

Segundo um outro promotor público, Steve Wolfson, Mack está sim com a intenção de testemunhar contra War Machine. Se ele for condenado, poderá pegar prisão perpetua, sem oportunidade de recorrer à punição.

john

Fotos: Reprodução/ Twitter



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.