Michael Phelps é preso por dirigir embrigado nos EUA

O nadador Michael Phelps, maior atleta olímpico de todos os tempos, foi preso na manhã desta terça-feira (30) em Maryland, nos Estados Unidos, por dirigir sob efeito de bebidas alcoolicas. De acordo com o site TMZ, Phelps apresentou um nível de álcool que é o dobro do permitido para guiar automóveis no local.

LEIA MAIS
Próximo rival de Anderson Silva é preso nos EUA

Phelps foi abordado porque estava andando acima do limite de velocidade. Após ser parado, os guardas perceberam sinais de embriaguez. O nadador foi preso e levado a uma delegacia próxima, onde foi autuado e depois liberado.

O atleta foi acusado de direção sob efeito de bebida alcoolica, conduzir acima do limite de velocidade e cruzar duas vezes as faixas da pista em locais proibidos.

Essa é a segunda prisão de Phelps pelo mesmo motivo. Há dez anos, quando o norte-americano tinha 19 de idade, ele foi flagrado pela polícia dirigindo embriagado também em Maryland.

Na ocasião, o nadador se declarou culpado e acabou condenado a 18 meses de condicional, quando o réu não vai para a prisão, mas enfrenta uma série de restrições durante o período.

O TMZ afirmou que tentou contato com os representantes de Phelps, que não retornaram as ligações.



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.