No Maracanã, Fla-Flu termina empatado por 1 a 1

Flamengo e Fluminense trouxeram grande público ao Maracanã para o clássico deste domingo (21) e terminaram empatados por 1 a 1. Os gols foram marcados no primeiro tempo por Eduardo da Silva e Fred.

Fluminense tem a bola, mas Flamengo é mais efetivo

O jogo começou com o Fluminense tentando imprimir um ritmo cadenciado, mas, em outra sintonia, o Flamengo impôs grande velocidade à partida desde os minutos iniciais. Aos 2, Everton fez boa jogada e soltou uma bomba que Diego Cavalieri defendeu de forma espetacular.

Com mais posse de bola, o Tricolor demorou a assustar e só conseguiu levar perigo aos 24, quando Carlinhos foi a linha de fundo e descolou bom cruzamento para Cícero que cabeceou para fora no primeiro cruzamento que deu certo.

No minuto seguinte, no entanto, o Flamengo chegou ao seu gol. Everton foi a linha de fundo, cruzou para Eduardo da Silva que disputou e ganhou dos dois zagueiros do Flu, tocando na saída de D. Cavalieri para fazer a festa da torcida flamenguista presente ao estádio.

À frente no placar, o Fla recuou e trouxe o Flu para o seu campo de defesa. Com mais espaço, o time do técnico Cristóvão Borges cresceu na partida e insistiu bastante nas jogadas de bola aérea. Bem postada, a defesa rubro-negra rebateu cinco das sete bolas alçadas na área, mas na segunda vez em que não cortou, Fred, aos 44, completou de cabeça cruzamento de Conca e empatou a partida.

Puxado por Everton, o Flamengo ainda tentou desempatar a partida em chute de fora da área, mas a finalização de perna direita saiu torta e os dois times foram para o intervalo empatados por um a um.

Com menos criatividade, Fla-Flu termina a segunda etapa sem alteração de placar

No segundo tempo, o Flamengo começou em cima e com um minuto de partida Alecsandro tentou acertar lindo chute primeira após cruzamento de Everton, mas mandou a bola para fora.

O Fluminense continuou a insistir em jogadas de linha de fundo e quase se deu bem aos cinco minutos. Conca fez belo cruzamento para Cícero que conseguiu dominar a bola e acertar um forte chute que só não foi parar no fundo da rede porque Paulo Victor fez uma defesa sensacional, salvando o Flamengo.

O lance animou o Tricolor que foi para cima. Carlinhos ganhou de Leonardo Moura e soltou um chute forte que P. Victor defendeu mais uma vez.

Contudo, se o Fluminense estava saindo mais para o campo de ataque, por outro lado, também estava dando espaços para os contra-ataques do Flamengo e, aos 16, Gabriel recebeu bom passe de L. Moura, mas chutou fraco e D. Cavalieri defendeu.

Aos 17, Carlinhos foi mais uma vez à linha de fundo e fez ótimo cruzamento para Fred que, sozinho, errou a pontaria e cabeceou a bola pela linha de fundo, perdendo grande chance.

A partir dai, o jogo caiu de rendimento e ficou amarrado. Enquanto o Flamengo tentava pôr velocidade ao duelo pelos flancos, o Flu trocava passes no meio-campo e nenhuma das duas equipes conseguiam avançar. Aos 39, L.Moura recebeu bom passe e arriscou chute de fora da área que D. Cavalieri defendeu com tranquilidade. Aos 45, foi a vez de Everton fazer boa jogada, invadir a área, mas, diante do goleiro Tricolor, só conseguiu arrumar um escanteio.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1 X 1 FLUMINENSE

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 21/9/2014 – 16h
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Auxiliares: Marcelo Bertanha Barison (RS) e José Antônio Chaves Franco Filho (RS)
Público/renda: 37.918 pagantes/R$ 1.588.090,00
Cartão amarelo: Márcio Araújo (FLA); Conca, Valencia, Rafinha, Carlinhos (FLU)
Cartão vermelho: –

GOL: Eduardo da Silva , aos 26’/1ºT (1-0); Fred, aos 44’/1ºT (1-1)

FLAMENGO: Paulo Victor, Léo Moura, Chicão, Wallace e João Paulo; Cáceres, Luiz Antonio (Gabriel, aos 11’/2ºT), Márcio Araújo e Everton; Eduardo da Silva (Mugni, aos 36’/1ºT) e Alecsandro (Elton, aos 24’/2ºT). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Henrique (Marlon, aos 47’/1ºT), Elivélton e Carlinhos; Valencia (Rafinha, no intervalo), Jean, Cícero, Wágner (Gustavo Scarpa, aos 31’/2ºT)  e Conca; Fred. Técnico: Cristovão Borges.