Opinião: O início promissor de Malcom

Malcom

É notória a dificuldade que o Corinthians tem em revelar grandes jogadores para o ataque. O último bom nome surgido nas categorias de base do clube foi Dentinho, que em quatro anos no profissional fez 55 gols e ajudou o time a conquistar os títulos do Campeonato Brasileiro da Série em 2008 e do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil, ambos em 2009.

LEIA MAIS
Gil provoca Pato no Instagram após clássico e é repreendido por Souza

Mesmo sendo figura importante não empolgou tanto a Fiel e foi negociado com o clube ucraniano Shakhtar Donetsk, em maio de 2011.

Pouco mais de quatro anos depois da saída de Dentinho, o atacante Malcom, de apenas 17 anos, surge como bom candidato a dar alegrias ao torcedor alvinegro. Promovido ao elenco profissional após o vice-campeonato da Copa São Paulo de Futebol Junior deste ano, o jovem, enfim, começa a cavar o seu espaço no time titular de Mano Menezes.

Recebeu oportunidades contra Chapecoense e São Paulo e foi aprovado pela comissão técnica. No empate contra o clube catarinense, fez o seu primeiro gol. Em seu primeiro grande teste contra o rival São Paulo, não sentiu a pressão do clássico e também se destacou com boa movimentação, tendo participação nos três gols da vitória corintiana.

Malcom é rápido e habilidoso. No entanto deve ser blindado pelo clube. Ainda é muito novo e tem muito a evoluir, sobretudo na finalização. Certamente vai oscilar na sequência da carreira. Não pode deixar se iludir pelo bom momento e depois sumir do mapa, como algumas jovens promessas brasileiras. Acredito que isso não vá acontecer.

Pude acompanhar algumas entrevistas do jogador e percebi que ele tem os pés no chão e está ciente de que o caminho é longo para cravar o seu nome na galeria de ídolos do Corinthians.

Na próxima quarta-feira diante do Figueirense, em Florianópolis, Malcom terá mais uma chance de mostrar o seu talento. Ele será novamente titular ao lado do artilheiro Guerrero.

Foto: Getty Images



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)