Opinião: Cruzeiro precisa provar contra o Inter que também assusta os grandes

Cruzeiro

Chover no molhado: expressão que designa que algo dito é tão óbvio, que chega até ser inútil fazê-lo. É isso o que fazemos rodada após rodada quando afirmamos que o Cruzeiro é o melhor time do Brasil.

LEIA MAIS
Relembre os maiores erros de arbitragem do Brasileirão

Veja os gols da 25ª rodada do Brasileirão

O que ninguém, contudo, assinala, é que tal alcunha traz consigo o fato de que, justamente por isso, o Cruzeiro é o time mais visado do Brasil. Não, não no sentido da arbitragem, uma vez que todos os times do campeonato já foram prejudicados ou beneficiados, mas no sentido de que todos querem tirar alguma casquinha do Cruzeiro.

Fatos como os dois gols feitos pela Chapecoense, em pleno Mineirão, algumas rodadas atrás, corroboram tal máxima. A dificuldade que o time teve para derrotar o Coritiba semana passada, também. O empate com o Sport no sábado, é outro indício.

Inclusive, essas três partidas citadas acima demonstram mais do que um anseio desmedido em fazer frente ao Cruzeiro, mas, da mesma forma, querem mostrar que nem todo mundo tem medo do lobo mal. Ou da Raposa má, como preferir.

Sendo assim, o próximo jogo do time no campeonato, contra o atual vice-líder Internacional, tende a ser encarado como a representação máxima do Cruzeiro x Todos. Primeiro porque caso o time azul perca, a diferença de pontos na liderança cai para 3. E em segundo porque, se a situação foi tensa contra times de menos peso na classificação, imagina contra uma potência?

Aliás, vale lembrar que o duelo contra o São Paulo, há quatro rodadas, teve o mesmo peso. E o Cruzeiro acabou derrotado. Se expandir um pouco mais e abrir espaço para o clássico contra o Atlético-MG, a China Azul também não reagiu muito bem ao desafiante e saiu com a conta zerada do embate.

Longe, porém, de assustar o torcedor, esse desempenho aquém do esperado contra concorrentes diretos não tem ainda ameaçado a conquista do título, uma vez que, mesmo com mais dificuldade, o Cruzeiro não desperdiça oportunidades contra os ditos “pequenos” do campeonato.

Das 16 vitórias do time até aqui, 14 foram contra equipes que disputam as posições inferiores da tabela. Caso um pouco diferente do adversário do momento Inter, que de suas 14 vitórias, 10 foram diante dos “sofredores” da classificação.

Por outro lado, dos dois triunfos azuis conseguidos ante os primeiros colocados, um foi contra o Inter, fora de casa, o que nos leva a crer que, pelo menos com relação a confrontos diretos, o Cruzeiro tem mais motivos para sorrir do que o contrário.

Pelo menos por enquanto.

Foto: Getty Images



Tudo o que preciso é um papel e uma caneta. Apaixonado por esportes desde 1900 e bolinha: de futebol, basquete, tênis, rugby...