Organizada do São Paulo rebate STJD: “ninguém vai calar a nossa voz”

Divulgação/Site oficial

A maior torcida organizada do São Paulo, Independente, publicou uma nota em seu site oficial rebatendo o Procurador Geral do STJD, Paulo Schmitt, que ameaçou punição pelos cânticos homofóbicos no clássico entre São Paulo e Corinthians, no último domingo.

Na nota, a Independente vê como preconceito o desvio de dinheiro público na Copa e cita os rivais do São Paulo, “que vêm mexendo com a moral de todos torcedores do São Paulo Futebol Clube e nunca foram punidos”.

Confira a nota oficial da Torcida Independente, na íntegra:

Senhor procurador geral do STJD, Dr. Paulo Schmitt, preconceito é o que fizeram com os brasileiros na copa do mundo, desviaram o dinheiro público. Na construção de arenas com orçamentos assustadores em estádios de 5ª categoria.

Por que será que não abriram uma CPI?

Futebol é alegria, emoção e paixão.

Passamos anos sendo tratados de “bambi” é “bixa” É o senhor Paulo Schmitt nunca se manifestou, domingo fizemos uma brincadeira, lavamos A nossa alma, pois a mais de 10 anos, dirigentes, jogadores e torcedores vêm mexendo com a moral de todos torcedores do São Paulo Futebol Clube e nunca foram punidos.

Ninguém vai calar a nossa voz, jamais poderão nos deter somos Independente até morrer.

E para não passar batido, não adianta argumentar o Brasil inteiro já falou que o gavião virou um beija flor!

Crédito da foto: Divulgação/Site oficial



Jornalista de esportes desde 2005, com passagem pelo UOL e Terra. Editor de comunidades do Torcedores.com e blogueiro do renanprates.com