Paulo Nobre é vaiado em evento-teste do Allianz Parque e sai antes do fim

Paulo Nobre

Paulo Nobre, atual presidente do Palmeiras, foi vaiado no primeiro evento-teste do Allianz Parque. Organizada para cerca de três mil pessoas, a cerimônia foi exibido o filme “12 de Junho de 1993 – O Dia da Paixão Palmeirense”, dirigido pelo jornalista Mauro Beting.

Os torcedores do Palmeiras presentes no evento deste sábado não pouparam aplausos para ídolos do passado, como Marcos, Evair e César Maluco. Até Luiz Gonzaga Belluzzo, ex-presidente do clube, foi aplaudido quando apareceu na tela. Porém, em todas as dez vezes em que foram exibidos depoimentos de Paulo Nobre sua voz foi abafada por vaias e palavras de protesto.

LEIA MAIS
Paulo Nobre assume culpa pelo péssimo momento do Palmeiras

Do lado de fora, na entrada do Allianz Parque, uma faixa de protesto pedia a renúncia do cartola.

Em minoria, outra ala de torcedores tentou rebater os protestos com aplausos e gritos de “ele colocou dinheiro do próprio bolso por esse time”. Antes mesmo do fim da exibição do filme, Nobre foi visto deixando a área VIP do estádio e não discursou para os convidados.

A expectativa é de que o estádio seja inaugurado oficialmente entre o dia 8 e 9 de outubro, contra o Atlético-MG em partida válida pelo Campeonato Brasileiro.

O torcedor palmeirense está sem sua casa desde julho de 2010, quando o antigo Palestra Itália foi fechado para reforma. As obras tiveram um atraso de quase dois anos, mas agora, tudo caminha para um final feliz.

Foto: Divulgação/Palmeiras



Flávio Moreira é jornalista especializado em mídias sociais. Com passagens por UOL e Electronic Arts, é apaixonado por esporte e acredita na produção de conteúdo feito de torcedor para torcedor.