Polônia dá o troco e vence o Brasil após 8 anos no Mundial de Vôlei

A Polônia é campeã mundial de vôlei masculino. Em partida realizada na tarde de domingo, os poloneses bateram a seleção por 3 sets a 1 de virada, na Spodek Arena, e quebraram a hegemonia do Brasil que conquistou três mundiais seguidos (2002, 2006 e 2010). Em 2006 a seleção brasileira venceu os poloneses por 3 sets a 0 e se tornou bicampeã mundial.

LEIA MAIS
Opinião: Torcida da Polônia no vôlei dá uma lição ao Brasil do futebol

O jogo começou com a seleção brasileira disposta a conquistar o tetracampeonato, e com um primeiro set arrasador o Brasil fechou com 25 a 18. O ponteiro Lucarelli e Lucão foram os melhores jogadores da seleção no set.

No segundo set, a Polônia dominou as ações e com excelente atuação do ponteiro Mika se manteve a frente do Brasil durante toda a parcial. A seleção brasileira tentava controlar as ações, mas, empolgados pela torcida fanática os poloneses fecharam o set.

O terceiro e quarto set continuaram igual ao segundo, com a Polônia sempre na frente e a seleção brasileira atrás. O técnico polonês resolveu mexer no time e trocou o levantador titular Drzyzga, pelo experiente Zagumny. A mudança teve efeito, e o levantador soube ditar o ritmo de jogo.

Mas quem surpreendeu mesmo foi o ponteiro Mika, com 20 pontos marcados, o ponteiro de 23 anos, e 2,06 de altura fez a melhor partida no mundial, justamente na final. Ele comandou os ataques, foi bem na recepção e até ponto em saque flutuante o polonês fez.

Fato é que a Polônia ganhou o mundial de forma merecida. Derrotou a principal seleção do mundo, em seu país, em uma partida impecável. Um excelente presente para os torcedores poloneses que deram um verdadeiro show durante todo o mundial.