São Paulo empata com Flamengo no apagar das luzes e perde a vice-liderança

São Paulo

O enredo mostrava mais um revés de virada após perder um lateral esquerdo por cartão vermelho, assim com ocorreu no clássico diante do Corinthians. Porém, o artilheiro Luis Fabiano tratou de amenizar a situação e sacramentou um empate de 2 a 2 entre São Paulo e Flamengo, em jogo realizado no Morumbi.

LEIA MAIS
Quadrados mágicos explicam briga pela Libertadores; confira análise
Luis Fabiano é uma uma peça de reposição de luxo

O resultado acabou sendo ruim para os dois times, já que o Flamengo pode perder uma posição na tabela (10° para 11° colocado) se o Goiás vencer o Botafogo hoje, no Maracanã. Pelo lado do tricolor, o empate lhe custou a segunda posição do Brasileirão, que agora pertence ao Internacional.

No primeiro tempo, a ofensividade do São Paulo voltou a aparecer, porém só com 50 % do “quadrado mágico” funcionando de maneira mais efetiva. Enquanto Kaká e Alexandre Pato se esforçavam para dar um ritmo que interessava ao São Paulo, Kardec e Ganso não passavam por uma noite feliz tecnicamente.

E foi de Alexandre Pato que se originou o primeiro tento do jogo. Aos 17 minutos, após receber passe de Souza dentro da grande área, o juiz viu um pênalti discutível de Márcio Araújo sobre o camisa 11 são-paulino. Na cobrança, Rogério Ceni fez a festa da torcida.

Do lado flamenguista, o técnico Luxemburgo armou um esquema de retração na defesa e saída rápida nos contra-ataques, que afetaram tanto o setor direito da defensiva tricolor, protegido por Auro, a ponto de ceder a igualdade no marcador. Após jogada em velocidade de Gabriel, o meia rubro-negro chutou em gol e, no rebote de Rogério, Éverton deixou tudo igual.

Na segunda etapa, a equipe carioca se mostrou muito melhor arrumada taticamente, começando até mesmo a ter mais posse de bola que os donos da casa. Um pênalti mal-marcado pelo árbitro André Luiz de Freitas Castro a favor do time paulista quase mudou o rumo do jogo, mas Rogério Ceni parou em Paulo Victor.

Além de pressionar o São Paulo em pleno Morumbi, os cariocas ainda contaram com um destempero de Michel Bastos que, ao dar um pisão no atleta flamenguista, foi expulso de campo.

De tanto insistir, o Flamengo parecia ter decretado a sua vitória aos 41 minutos, em gol marcado por Alecsandro, de cabeça, após cobrança de escanteio. Porém, ai brilhou a estrela de Luis Fabiano.

Com 45 minutos, o camisa 9 aproveitou uma sobra de bola dentro da grande área e mandou de chapa, no contrapé de Paulo Victor, e garantiu um suado ponto aos comandados de Muricy Ramalho.

Foto: Getty Images



Jornalista formado em 2012 pela FIAM e que tem paixão por esportes, destacando-se Futebol, MMA, Basquete e Automobilismo. Foi editor e repórter do Universo dos Sports.