São Paulo recebe Huachipato de olho em mais um título internacional

Kaká

Nesta terça-feira o São Paulo irá receber o Huachipato do Chile no Morumbi, às 20h30, de olho em mais um título internacional. O clube tenta o bi da Sul-Americana, competição que o clube ganhou em 2012.

Leia mais:
Classificação do Brasileiro: Cruzeiro tropeça; Palmeiras segue no Z4
Veja os gols da 25ª rodada do Brasileirão
Veja os jogadores que estão no seu time e você nem sabia

O tricolor paulista busca o reencontro com a vitória e boas atuações. A última vitória foi em cima do Cruzeiro, por 2 a 0 no campeonato brasileiro pela 21ª rodada. De lá para cá, o tricolor caiu de rendimento e amarga quatro jogos sem vencer, foram três derrotas e um empate.

O São Paulo tem a oportunidade de mudar o ambiente amanhã, em um torneio Internacional. Possivelmente será a única chance de titulo do clube no ano, já que no Brasileirão o atual líder Cruzeiro tem 10 pontos de vantagem do clube do Morumbi.

O caminho do São Paulo ao título da Sul-Americana é um caminho considerado fácil, já que no chaveamento tricolor não caíram clubes de grandes tradições, os mais conhecidos são o Emelec e o Nacional de Medelin. Já do outro lado da chave existem clubes bastante tradicionais, como Cerro Porteño e Peñarol e os argentinos Lanús, River Plate e Boca Juniors. Que só enfrentariam o São Paulo em uma possível final.

Para o jogo de amanhã o tricolor não conta ainda com o técnico Muricy Ramalho, que sofreu uma arritmia e ficará afastado do time até o dia 06 de outubro por precaução dos médicos.

O São Paulo deve ter força máxima no jogo desta terça-feira e deve contar com Luís Fabiano entre os titulares. O atacante vem readquirindo a forma física ideal e reclamou da reserva no último jogo e como está suspenso para o jogo do próximo sábado contra o Grêmio, Fabuloso deve ganhar uma chance entre os titulares.

A equipe chilena vem empolgada para o Brasil, tentando manter o bom retrospecto no país, foram dois jogos na libertadores do ano passado. Primeiro, o time chileno bateu o Grêmio, em Porto Alegre, por 2 a 1, e depois empatou com o Fluminense, no Rio de Janeiro, em 1 a 1.

“É um grande desafio encarar o jogo de igual para igual, mas faremos todo o possível para alcançar a vitória. Essa é a nossa mentalidade, agora e sempre. Se dermos a eles chances de atuar livremente no campo, teremos problemas”, avaliou o técnico do Huachipato, Mario Salas.

Foto: Getty Images



Jornalista em formação. Fanático por esportes, principalmente futebol. Vivo em busca de desafios e oportunidades que a vida me proporciona.