Taison é melhor que Messi? Relembre as profecias mais furadas do esporte

A paixão que o esporte proporciona leva muitos de seus praticantes, amantes e analistas a soltar previsões que nem sempre se cumprem. É aí que surgem as famosas profecias que colam para sempre na história de quem as falou, principalmente quando dão errado.

O caso mais famoso é o do jornalista gaúcho que disse que Taison, então jogador do Internacional, poderia ser melhor que Messi um dia.

O Torcedores.com separou alguns desses momentos em que as frases acabaram proporcionando verdadeiras “furadas” para seus emissores. Qual delas é a melhor? Lembra de outras? Diga nos comentários logo abaixo do texto.

paulo nobre

Frase: “Estou muito otimista com esse time. Com os argentinos chegando, todos se encaixando, vai ser difícil ganhar da gente. Estou muito satisfeito e confiante de que estamos no caminho certo.”

Autor: Paulo Nobre, presidente do Palmeiras, ao comentar os trabalhos do Palmeiras na pausa durante a Copa, quando o clube contratou diversos estrangeiros, além do técnico Ricardo Gareca.

O que aconteceu: o time ficou quase dois meses até ganhar um jogo no Brasileirão a partir dessa frase. E, para completar, depois de demitir Gareca e se ver na zona de rebaixamento, o Palmeiras foi goleado por 6 a 0 pelo Goiás.

Bernardinho Vôlei

Frase: “São 13 os técnicos da Superliga que estão batalhando há anos e foram menosprezados. É o mesmo que colocar o Zé Duarte (então técnico da seleção feminina de futebol) no lugar do Leão (técnico da seleção em 2000). Não dá certo. O negócio é pombo com pombo e urubu com urubu”

Autor: Ricardo Navajas, técnico de vôlei, sobre a contratação de Bernardinho, que havia comandado a seleção feminina de vôlei, para assumir o time masculino, em 2000.

O que aconteceu: Bernardinho comandou a geração mais vitoriosa do Brasil na modalidade, com três títulos mundiais e um olímpico, tendo chegado a todas as finais dessas competições em 13 anos.

Getty Images
Getty Images

Frase: “O que aprendi em seis ou sete Copas? Que ganhar fora do campo é o mais importante, e não é fácil. Envolve parte operacional, logística, planejamento, relacionamento com torcedores, imprensa, ambiente de trabalho. E isso nós já conseguimos, portanto já estamos com uma mão na taça.”

Autor: Parreira, coordenador-técnico da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2014

O que aconteceu: o Brasil foi um fracasso total no aspecto psicológico, não soube lidar com a pressão da torcida, e acabou eliminado na semifinal pela Alemanha com um sonoro e vexatório 7 a 1.

Frase: “Eles fizeram a opção deles. Não quiseram mais o Piquet e o Moreno. Olha, com o Schumacher e com o Brundle, eles vão gastar dinheiro, viu. Eles vão gastar dinheiro. Porque o que eles batem não é brincadeira, o que eles quebram de motor…”

Autor: Galvão Bueno, revoltado com a saída dos dois pilotos brasileiros da Benetton, que optou por contar com Michael Schumacher e Martin Brundle na temporada de 1992 da F1.

O que aconteceu: Logo no primeiro ano, Schumacher conseguiu ficar à frente de Ayrton Senna no campeonato. Em 1994, se sagraria campeão mundial, o único piloto com esse feito na história da Benetton. O alemão repetiu a dose em 1995, antes de ir para a Ferrari, onde se tornaria o maior campeões de todos os tempos na Fórmula 1, com sete títulos.

Getty Images
Getty Images

Frase: “Um país africano será campeão mundial até o ano 2000”

Autor: Pelé, comentarista da Globo na Copa de 1990.

O que aconteceu: Até hoje, 2014, o melhor resultado de um africano em Copas do Mundo é a presença nas quartas de final, com Gana (2010), Senegal (2002) e Camarões (1990).

Taison
Frase: “Taison ou Messi, o futuro dirá quem foi melhor”

Autor: Wianey Carlet, comentarista, colunista e blogueiro do jornal Zero Hora, comparando a então revelação do Internacional com o astro do Barcelona, em 2009.

O que aconteceu: Messi foi eleito como o melhor jogador do mundo em 2009, 2010, 2011 e 2012. Finalista da Copa do Mundo de 2014. Campeão mundial de clubes, da Liga dos Campeões, Espanhol, entre outros muitos títulos pelo Barcelona. Taison sumiu.

* Mas há um porém. Carlet deixou no fim de seu texto uma frase enigmática: “E, dentro de uns 10 anos, será possível questionar: quem foi melhor, Messi ou Taison? Não custa esperar para ver.”. Ou seja, Taison ainda tem cinco anos para ultrapassar Messi.



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.