Brasil vence Cazaquistão e segue invicto no Mundial de Vôlei feminino

O Brasil entrou em quadra nesta quarta-feira (01) após a vitória contra Sérvia no último domingo no Mundial de Vôlei. A seleção brasileira não fez sua melhor partida, mas conseguiu vencer o Cazaquistão com parciais de 25/22, 25/22 e 25/19, e permaneceu com 100% de aproveitamento no torneio.

O Brasil teve um primeiro set tranquilo, não levou muitos sustos, em questão de diferenças de pontos no começo do jogo. Mesmo o time não jogando bem, conseguiu abrir uma vantagem de cinco pontos de vantagem. Porém quando a seleção de Zé Roberto parecia que venceria o set tranquilamente, o Cazaquistão reagiu e chegou a empatar a partida em 19 a 19. Mas a equipe verde e amarela conseguiu abrir uma diferença de três pontos e foi com essa vantagem que as brasileiras fecharam o primeiro set, por 25 a 22.

A seleção brasileira começou perdendo o segundo set, mas logo empatou a partida. No ponto de igualdade, marcado por Jaqueline, a jogadora do Cazaquistão, Matveyeva, caiu com o pé em cima do da camisa 8 do Brasil e torceu o tornozelo, o que significou fim de jogo para ela.

A equipe de Zé Roberto Guimarães não iniciou bem o segundo set, as adversárias, na maioria das vezes, sempre teve a vantagem no placar. Elas abriam um ponto, o Brasil empatava e assim seguiu até o 6 a 6. Com mais um ponto o Cazaquistão fez 7 a 6 e abriu dois pontos quando fez o oitavo. O Brasil mostrou reação e empatou o jogo e passou a frente pela primeira vez quando anotou 10 a 9 no marcador. Com direito a ponto de saque, o Brasil abriu três pontos.

A partir daí, a seleção brasileira começou a melhorar na partida, mas jamais deixou de ter o Cazaquistão colado no placar, tanto é que as rivais viraram a partida quando fizeram 20 a 19. Zé Roberto, então, pediu tempo técnico e depois das orientações o Brasil reagiu, virou, abriu dois pontos e fechou o segundo set por 25 a 22.

Fazendo seu melhor set, o Brasil ficou com o jogo apertado até o seu 10º ponto, mas depois a seleção impôs seu ritmo conseguiu abrir 14 a 8. A partir daí o Brasil com Natália, Thaísa e Jaqueline como principais jogadoras, conseguiram vencer por 25 a 19.

Nesta quinta-feira (02) às 15h o Brasil entrará em quadra novamente, agora para enfrentar a Holanda ainda em partida valida pelo grupo F.

Foto: Reprodução/ FIVB



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.