Federer ignora idade e pode ser o primeiro ‘trintão’ a terminar o ano no topo do ranking

Getty Images

Roger Federer é daquele tipo de esportista que gosta de escrever seu nome na história. O tenista suíço de 33 anos parece não se cansar de atingir feitos notórios e está perto de atingir mais um. O maior vencedor de Grand Slams pode se tornar o mais velho a encerrar a temporada como número 1 do ranking da ATP.

Até hoje, Ivan Lendl e Andre Agassi são os donos desta marca, mas chegaram ao fim do ano na liderança com 29 anos. Agassi é até hoje o mais velho a atingir o topo, com 33 anos e 131 dias, outra marca que seria derrubada.

LEIA MAIS
Federer é campeão na Basileia e conquista seu 82º título na carreira
Incrível! Jogador perde ponto e arremessa raquete em juiza; assista
Opinião: Thomaz Bellucci vive seu melhor momento na carreira

Para superar a dupla, Federer precisa ultrapassar Novak Djokovic. No ranking geral, o sérvio tem 11.510 pontos, contra 9.280 do suíço. Na lista que conta apenas os resultados deste ano, a diferença entre os dois é de apenas 490 pontos.

Ainda estão em jogo 2.500 pontos – mil no Masters 1000 de Paris e outros 1.500 no ATP Finals.

Djokovic venceu os dois torneios em 2013, então precisa defender os pontos. Enquanto Federer foi semifinalista em Paris. Agora, ele precisa vencer as duas competições e torcer por campanhas ruins do rival.

Com 33 anos e pai de quatro filhos – dois casais de gêmeos -, Federer é quem mais ficou no lugar mais alto do ranking, com 302 semanas como número 1 sendo 237 consecutivas, e maior vencedor de Grand Slams da história, com 17 conquistas. O suíço tem 82 títulos na carreira e ganhou mais de 86 milhões de dólares em premiações.

A temporada 2014 não foi das melhores, pois o tenista não conquistou nenhum dos quatro principais torneios e chegou a cair para a oitava colocação do ranking entre janeiro e março. Ainda assim, foi a dez finais e conquistou cinco títulos.



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.