Adeus, mito! Criciúma dispensa Paulo Baier, o rei dos pontos corridos

Getty Images

O Criciúma anunciou nesta quinta-feira (20) que “antecipou as férias” (eufemismo para “dispensa”) de 13 jogadores, além da demissão do técnico Toninho Cecílio. O time catarinense se afundou na lanterna do Brasileirão na última quarta, após a derrota em casa para o Bahia, por 1 a 0, outro time que está na zona do rebaixamento. Paulo Baier, o maior artilheiro da era dos pontos corridos no Brasileirão, foi um dos dispensados.

LEIA MAIS
Tabela do Brasileirão: Corinthians entra no G-4 e Palmeiras corre risco

A dispensa coletiva foi anunciada pelo diretor de futebol do Criciúma, Raimundo Queiroz. O time catarinense acumula sete derrotas consecutivas no Brasileirão. A última vitória aconteceu em 12 de outubro, sobre o Santos, com um 3 a 0 no Heriberto Hülse.

Toninho Cecílio comandou o Criciúma por apenas quatro jogos, todos com derrotas. Paulo Baier, de 40 anos, é um símbolo da era dos pontos corridos por ser um raro caso de jogador que atuou em todas as edições do Brasileirão nesse formato.

Paulo Baier marcou 106 gols desde 2003 e lidera o ranking seguido de perto pelo atacante Fred, do Fluminense, que marcou 100 e ainda está na disputa este ano. Ou seja, o “mito” Paulo Baier pode perder esta marca ainda este ano nas últimas três rodadas do Brasileirão.

Além de Baier, o goleiro Galatto, o lateral Luis Felipe, o lateral Cortez e o meio-campista Martinez estão na lista dos ilustres dispensados pelo Tigre.

Confira a lista completa de dispensas do Criciúma:

GOLEIRO:
Galatto
LATERAL-DIREITO:
Luis Felipe
LATERAL ESQUERDO:
Cortez
ZAGUEIROS:
Gualberto
Eli Sabiá
MEIO-CAMPISTAS:
Martinez
Rodrigo Souza
Serginho
Rafael Costa
Higor
Paulo Baier
ATACANTES:
Souza
Roger

 



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.