5 motivos para acreditar no São Paulo na Copa Sul-Americana

São Paulo

Uma parte importante da temporada 2014 para o São Paulo passa pela noite de hoje, no duelo de volta válido pela semifinal da Copa Sul-Americana, diante dos colombianos do Atlético Nacional. Conseguir a qualificação para a final do torneio é um passo essencial para continuar almejando ao menos uma conquista no ano, onde as frustrações em torneios de mata-mata aconteceram aos montes.

LEIA MAIS

São Paulo mantém a tradição de ataques poderosos no Brasileirão de pontos corridos

É visível que existem mais motivos para acreditar em uma classificação do que em uma eliminação no Morumbi essa noite. Vejamos cinco deles que podem sustentar o otimismo do torcedor são-paulino:

O momento da equipe

Apesar de ter perdido os dois últimos jogos na competição continental (3 x 2 para o Emelec e 1 x 0 para o time de Medellín), a sequência de resultados positivos no Brasileirão já colocou o time na próxima edição da Libertadores, mesmo que seja ainda na fase de Pré-Libertadores. Apesar da intensa maratona de partidas, as boas apresentações da equipe e o ótimo clima no elenco criam a expectativa de mais um bom desempenho hoje a noite.

A força da torcida e do Morumbi

Até a manhã de hoje mais de 40 mil ingressos já haviam sido comercializados. Se não estiver lotado, ao menos 45 mil vozes estarão empurrando a equipe na partida de volta das semifinais. Um reforço de peso.

Esse apoio aliado a mística existente com o Morumbi, principalmente em competições continentais, onde o retrospecto do São Paulo é muito bom, com certeza podem ser colocados como fator de confiança na classificação.

Ataque eficiente

Se somadas todas as competições, a equipe do São Paulo é, no Brasil inteiro, o time que ficou o menor número de jogos sem marcar ao menos um gol: Quatro vezes. O Cruzeiro, atual campeão brasileiro, ficou sete vezes sem balançar as redes na atual temporada. Se a escrita de gols se repetir hoje a noite, as chances de vitória com certeza aumentam consideravelmente.

Retrospecto favorável

Dos nove jogos disputados até hoje entre as duas equipes, a vantagem é tricolor: São quatro vitórias, três empates e duas derrotas, sendo que os dois reveses sofridos foram em terras colombianas. No total do confronto, são dez gols feitos e sete sofridos. Ou seja, a supremacia é total !

Aposentadoria de Rogério Ceni

É visível o desejo do camisa 1 são-paulino em vencer um torneio nessa que pode ser a sua última temporada como jogador profissional. Em preleções, vídeos ou entrevistas, a obsessão do capitão da equipe em coroar seu fim de carreira é, sem dúvida nenhuma, um elemento que pode contagiar o elenco a buscar com ainda mais garra uma vitória na partida de logo mais.

Foto: Alexandre Schneider/Getty Images

 



Jornalista formado em 2012 pela FIAM e que tem paixão por esportes, destacando-se Futebol, MMA, Basquete e Automobilismo. Foi editor e repórter do Universo dos Sports.