Goleiro do Palmeiras admite que já recebeu “mala branca”

Fernando Prass
Getty Images

Toda reta final do Campeonato Brasileiro a história é a mesma: surgem boatos de times que recebem “mala branca” para se esforçarem mais e boatos de times que ganham “mala preta” para se esforçarem menos. Desta vez, por exemplo, não é diferente e novamente essas histórias estão por aí.

LEIA MAIS:
Real Madrid está à procura do “novo Messi”; veja os candidatos
Entenda como o título do Atlético-MG pode prejudicar o Palmeiras no Brasileirão

Apesar de a maioria dos jogadores negarem a existência desses incentivos, às vezes um ou outro atleta admite que tal prática ocorre. Esse foi o caso do Fernando Prass, goleiro do Palmeiras que já passou por Vasco, Coritiba e Grêmio, que não só confirmou a existência da “mala branca”, como também garantiu já ter recebido dinheiro para vencer no futebol:

“Se dinheiro garantisse alguma coisa, a gente fazia uma “vaquinha” para ter a garantia de vitória, mas isso não existe. Mas que acontece, acontece. Ganhar prêmio para vencer do seu clube não há problema nenhum. Quase todos pagam premiação por vitória ou objetivos. Se eu já recebi (dinheiro de outro clube) para vencer? Sim” – afirmou, em entrevista ao Globoesporte.com.

Prass, no entanto, não informou em qual time atuava e quem tentou ajudar estimulado por esse incentivo. O curioso dessa situação é que o seu atual clube pode precisar da ajuda do desmotivado Flamengo contra o Vitória, na próxima rodada, para continuar na Séria A. O Palmeiras, que tem 39 pontos e está fora do Z-4, enfrentará o Internacional, que luta por uma vaga no G-4, enquanto o Rubro-Negro Baiano, com 38 pontos e na 17ª posição, encara o Rubro-Negro Carioca que está em férias na competição.

Foto: Getty Images